Maquininha de cartões Rede expande programa de isenção

Após ser pressionado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a  maquininha de cartões Rede Itaú expandiu a todos os seus usuários, sejam correntistas do Itaú ou não, o programa que isenta das taxas de antecipação o valor recebido com cartões. 

publicidade
Maquininha de cartões Rede expande programa de isenção
Maquininha de cartões Rede expande programa de isenção

A empresa irá colocar a disposição dos clientes que tenham faturamento anual de até R$30 milhões, a isenção de tarifas. Além disso, o usuário terá um prazo de até dois dias para receber esses valores.

No mês de maio a companhia tinha zerado a taxa, porém essa ação foi feita apenas para os clientes correntistas do Itaú Unibanco, que é o seu controlador, e também para o Tribanco. Essa seleção de clientes foi questionada pelo Cade. 

publicidade

Leia também: Sobem os números de clientes Banco Inter e a rede mostra o por quê

Desde a segunda-feira (16), todos os clientes da operadora, independente da instituição bancária que escolheu receber, irão estar aptos para receber o valor de suas vendas com o cartão de crédito à vista sem taxa de antecipação, em dois dias úteis.

Normalmente, o pagamento dos valores aos vendedores são pagos num prazo de 30 dias e para serem creditados com antecedência é descontada uma taxa do valor bruto que foi pago pelo cliente. 

De acordo com a nota enviada pelo presidente da Rede, Marco Magalhães, essa ação foi uma medida de antecipar o alinhamento da empresa com a proposta do Banco Central, que tem como proposta implantar um sistema de pagamento instantâneo no país.

Na época em que a Rede ofereceu a vantagem para alguns clientes, os concorrentes entraram com uma representação contra a empresa, já que está não estava seguindo o termo que foi combinado no ano passado com o conselho.

No mês passado, novembro, o Cade, manteve proibida a empresa de oferecer as vantagens de recebimento apenas para os lojistas que têm conta no banco Itaú.

publicidade

A maior parte dos conselheiros que votaram para manter a proibição, entenderão que essa prática da empresa é anticompetitiva. 

Com isso, o Cade decidiu que a empresa teria duas alternativas. Acabar com a promoção ou estender a mesma para todos os seus clientes, em um prazo de dez dias. Assim, a empresa optou por ampliar essa promoção.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Mesmo com isso, a empresa de maquininha de cartões Rede, tem uma liminar judicial que permitia manter o programa como era inicialmente. O processo continua correndo no órgão antitruste.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.