Pagamento do IPVA 2020 em SP: entenda!

Com a proximidade do final do ano os brasileiros já começam a organizar suas finanças para o início do próximo ano, considerando que alguns impostos a serem pagos são fixos. O governo do Estado de São Paulo, por exemplo, determinará para o pagamento do IPVA 2020 algumas condições previamente estudadas. 

Pagamento do IPVA 2020 em SP: entenda!
Pagamento do IPVA 2020 em SP: entenda!

Apesar de ainda não ter um valor determinado, os paulistas já podem ter uma ideia de quanto irão ter que desembolsar para pagar esse imposto. 

A previsão é de que o valor cobrado seja menor por conta da desvalorização dos automóveis usados, que no estado é calculado por meio de uma tabela divulgada pela Secretaria da Fazenda baseada nas atualizações da tabela FIPE.

Leia também: Valor do IPVA 2020: quanto custa o imposto?

A quantia a ser paga pelos contribuintes pode variar de acordo com a categoria do veículo como sendo de carga, transporte de passageiros, carros de passeio, picapes e motocicletas. Esse valor é dividido em quatro faixas.

  • Faixa 1: veículos de cargas com 1,5% sobre o valor venal.
  • Faixa 2: ônibus,micro-ônibus, caminhonetes de cabine simples, motocicletas, ciclomotores motonetas triciclos, quadriciclos, máquinas de terraplanagem, empilhadeiras, guindastes, locomotivas, tratores e veículos similares. Com 2% sobre o valor venal do veículo;
  • Faixa 3: veículos com motores movidos a etanol, gás natural veicular (GNV) e os movidos a eletricidade, nestes o valor a ser calculado é de 3% sobre o valor venal;
  • Faixa 4: veículos com motor flexível, ou seja, que utilizam etanol ou gasolina. Cobrando em 4% do valor venal.

Caso o contribuinte queira saber o valor que irá desembolsar no pagamento do IPVA 2020 SP, é preciso consultar o valor de mercado do automóvel no site da tabela FIPE. 

O Secretaria da Fazendo possibilita três formas de pagamento. A primeira é a vista, no qual é possível obter um desconto de 3%, se o imposto for pago em janeiro.

Já se for pago a vista mas no mês de fevereiro, o contribuinte perde o desconto. E a última possibilidade é o pagamento do imposto em três parcelas, sem diminuição na quantia. 

Os pagamentos podem ser realizados por cartão de crédito, desde que o contribuinte não tenha dívida ativa.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Pagamento do IPVA 2020 em SP: entenda!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA