Licenciamento do veículo 2020: quando regularizar o documento?

Um novo ano está chegando e com ele há também a atualização do licenciamento do veículo e pagamento de impostos como IPVA. O Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) é um documento que autoriza a circulação do automóvel em todo o território nacional. Por meio dele, o Detran consegue comprovar que o carro não apresenta nenhuma pendência financeira com o poder público.

publicidade
Licenciamento de veículo 2020: quando regularizar o documento?
Licenciamento de veículo 2020: quando regularizar o documento?

Quando regularizar o documento?

Sua renovação precisa ser feita anualmente, e acontece se o automóvel não tiver nenhuma dívida de multa ou IPVA. Carros, motos, caminhões e etc., qualquer tipo de veículo precisa ter o licenciamento para poder circular.

Sua emissão é feita por meio do Detran de cada estado e pode ser solicitada tanto presencialmente quanto online. Basta requerer o documento e comprovar que não há nenhum imposto ou multa em aberto.

publicidade

Leia também: Boleto do IPVA não chegou? Saiba o que fazer

Aqueles que desejarem fazer licenciamento do veíuclo no site, precisam informar a placa e o número do Renavam.

Em ambos os casos será emitido um boleto que deve ser pago dentro do prazo estipulado. O valor, diferentemente do IPVA, é igual para todos os tipos de veículos.

Entretanto, é preciso estar atento aos reajustes anuais realizados pelo governo federal. O carnê pode ser quitado em qualquer agência da Caixa Econômica, Bradesco, Banco do Brasil ou nas lotéricas.

Quais as consequências de fazer o licenciamento do veículo?

Quem não estiver com a documentação atualizada está sujeito a multas e também a ter o automóvel confiscado. Por se tratar de um registro obrigatório, os motoristas precisam estar sempre com ele em mãos e mantê-lo em dia.

Quem for pego na direção e não apresentar o CRLV atualizado, poderá levar uma multa de 7 pontos na habilitação e ter o veículo guinchado até a unidade do Detran. Para poder ter o bem novamente, o motorista precisará:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
  • Pagar a multa;
  • Pagar todas as pendências que houver (como IPVA, DPVAT etc);
  • Fazer e pagar o licenciamento;
  • Pagar por dia que o carro ficou apreendido no pátio.

Caso seja encontradas dividas de anos anteriores, o valor também será cobrado e com juros. As dívidas com mais de dois anos deverão ser desbloqueadas por meio da Secretaria da Fazenda do local.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!