Poupança soma R$2,42 bi em depósitos no mês de novembro

Nesta quinta-feira (5), o Banco Central divulgou a parcial do ano de 2019 e apontou que os depósitos realizados na caderneta de poupança foram mais altos do que o número de retiradas. No penúltimo mês do ano, novembro, os depósitos chegaram a somar R$2,42 bilhões.

Poupança soma R$2,42 bi em depósitos no mês de novembro
Poupança soma R$2,42 bi em depósitos no mês de novembro

Com a entrada desses bilhões nos bancos, fez com que a poupança voltasse a captar recursos, já que no mês de outubro foram retirados R$247 milhões.

Apesar dessa entrada ter sido alta, o maior número de depósitos para o mês de novembro foi registrado em 2017, quando todos os valores em conta somaram R$3,917 bilhões.

De acordo com dados do Banco Central, juntando os 11 meses do ano, os saques ainda foram maiores que os depósitos realizados na poupança e isso resultou em uma retirada de R$3,884 bilhões dos bancos.

Leia também: Rendimento da poupança abaixo da inflação tem preocupado poupantes

O ano de 2019, só fica atrás do ano de 2016, quando a saída registrada ficou em saldo negativo de R$51,370 bilhões.

No ano passado todo os números da instituição apontaram que os depósitos superaram os saques em R$ 38,2 bilhões na modalidade de investimentos.

A queda dos juros básicos da economia brasileira é determinada pela Selic, quando essa taxa está abaixo de 8,5% ao ano é necessário fazer um corte no rendimento da poupança.

Partindo da taxa da Selic que está em 5%, o rendimento atual da poupança é de 3,5% ao ano, com a soma da Taxa Referencial (TR). 

Segundo cálculos da Associação Nacional de Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac), mesmo com essa queda da poupança, essa ainda é uma das melhores opções de investimento. Principalmente quando são comparadas a fundos, que tem taxas de administração mais altas que 1% ao ano.

O aumento de depósitos na poupança foi de quase R$ 5,148 bilhões, se comparado ao número de outubro, em que foram atingidos a marca de R$820,571 bilhões. 

Outro número que é somado a esse montante são os rendimentos depositados para poupar. Em novembro deste ano, estes rendimentos somaram R$2,721 bilhões.

O Banco Central apontou ainda que a queda dos juros básicos nos últimos meses atraíram mais investidores para a bolsa de valores, apesar de ser um investimento muito arriscado.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Poupança soma R$2,42 bi em depósitos no mês de novembro

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA