No Distrito Federal IPTU e IPVA não sofrem alterações em 2020

No final do ano, os estados e municípios já começam a divulgar os reajustes nos impostos do ano seguinte, para seus contribuintes conseguirem organizar as finanças e o pagamento desses tributos. Os contribuintes do Distrito Federal podem ficar mais aliviados, já que os impostos como IPTU e IPVA não serão reajustados para 2020.

No Distrito Federal IPTU e IPVA não sofrem alterações em 2020
No Distrito Federal IPTU e IPVA não sofrem alterações em 2020

O governo da capital brasileira, Distrito Federal, anunciou que os impostos serão reajustados conforme a inflação do país, porém sem nenhum aumento.

No próximo ano, o valor do IPTU será cobrado 3,28% à mais, com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O valor do IPTU é calculado de acordo com o valor comercial do imóvel, esse total é multiplicado por uma porcentagem que está diretamente ligada a alguns fatores como tempo de uso da casa e sua finalidade, se é para residencia ou comercio.

Leia também: Dívidas com IPTU: quais as consequências de ficar inadimplente?

Além disso, há algumas alíquotas de cobrança que são somadas e totalizam o valor final a ser pago.

Os terrenos não edificados e com edificações em construção ou demolição têm cobrança de 0,3%. Imóvel não residencial edificado, e residencial portador de alvará de construção a alíquota é de 1%. E cobrança de 3% para imóvel edificado destinado exclusivamente para fins comerciais.

O valor da propriedade, devidamente registrado no governo do Distrito, é multiplicado pela alíquota para que tenha o resultado do IPTU.

O valor do IPVA em 2020, irá variar entre 1% a 3% dependendo da tabela FIPE, que define o preço do automóvel de acordo com marca, ano de fabricação e modelo.

O governo ainda não fechou o total de pagamentos realizados de IPTU este ano, já que ainda falta uma parcela a ser paga pelos cidadãos.

O Distrito Federal tem 888.437 domicílios e está com o prejuízo de R$292.562.190 de IPTU que ainda não foram pagos. Já com o IPVA, o prejuízo é de R$ 181.560.922, o estado conta com uma frota de 1.804.722 veículos na capital.

Esses endividados terão a oportunidade de acertar as contas no próximo ano, por meio do programa de refinanciamento, o Refis 2020.

Sem realizar reajustes o governo pretende arrecadar R$1,1 bilhão com os impostos para veículos no ano de 2020 e R$937 milhões com os impostos estipulados para imóveis no próximo ano.

O plano de cobranças desses impostos em 2020, passará por uma avaliação na Câmara Legislativa do Distrito Federal, isso deve acontecer até o dia 15 de dezembro.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

No Distrito Federal IPTU e IPVA não sofrem alterações em 2020

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA