Segundo a FipZap valor dos imóveis caiu no acumulado do ano

De acordo com pesquisa FipZap divulgada nesta terça-feira (3), o preço médio dos imóveis se manteve estável nos primeiros onze meses de 2019. Os dados revelam variação com índices menores ao registrado no mesmo período do ano passado.

Segundo a FipZap valor dos imóveis caiu no acumulado do ano
Segundo a FipZap valor dos imóveis caiu no acumulado do ano

Segundo os números, a variação é menor do que inflação de 3,04% esperada para o mesmo período.

A pesquisa acompanha os valores de anúncios de casas e apartamentos à venda em 50 cidades de todo o Brasil. A partir deste dado, é realizada uma comparação da variação desses preços frente à inflação.

Dados consideram previsões do Boletim Focus, do Banco Central, para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

Leia também: Leilão da casa própria: bancos leiolam 250 mil imóveis

De acordo com os dados coletados, quando comparado aos últimos 12 meses terminados em novembro, é apresentada uma alta de preços abaixo da inflação. Significando uma variação do valor médio acima de 0,14%. O número é abaixo da inflação prevista para o período, que era de 3,19%.

Entre outubro e novembro não houve variação nominal de preços. Ao ser considerada a inflação de 0,43% esperada para o mês, a queda real foi de 0,43%.

No mês de novembro, o preço médio de venda de imóveis residenciais calculado pelo levantamento foi de R$ 7.235 por metro quadrado.

A nível estadual os números mudam. O Rio de Janeiro mantém os índices de capital mais cara, com o preço de R$ 9.347 por metro quadrado. Logo em seguida vem São Paulo somando R$ 8.994, e Brasília, com R$ 7.354.

Quando observada as capitais com os menores valores de preço por metro quadrado estão Campo Grande com R$ 4.143, Goiânia totalizando R$ 4.154 e para finalizar João Pessoa somando R$ 4.545.

A pesquisa dos imóveis

Para a realização da pesquisa a coleta é feita mensalmente analisando milhões de anúncios de venda e locação, tanto dos imóveis residenciais como dos voltados ao comércio.

A FipeZap filtra as informações para considerar apenas as que são cabíveis. A partir daí, calcula os preços de cada uma das cidades analisadas. A pesquisa é feita por agrupamento e leva tempo.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Segundo a FipZap valor dos imóveis caiu no acumulado do ano

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA