A maior fintech da América Latina, a Nubank lançou nesta segunda-feira (2) uma nova campanha publicitária com um tom irônico e provocativo as suas concorrentes. A mensagem enfatiza um dos seus diferenciais como marca, a isenção na cobrança de tarifas para transferências bancárias.

Nubank mostra diferencial do serviço com propaganda provocativa
Nubank mostra diferencial do serviço com propaganda provocativa

A campanha é uma provocação aos bancos que ainda realizam a cobrança da tarifa de TED, quando um cliente realiza uma transferência de valor entre bancos diferentes. A comparação foi feita através de um ursinho de pública, chamado de Ted Lover.

Apostando em um tom bem-humorado, a empresa vai realizar a venda do produto a um preço de R$ 19,05, um dos valores mais altos de transferências no Brasil. Com a ação, a fintech busca mostrar um dos seus maiores diferenciais frente à concorrência.

Leia também: Nubank orienta clientes sobre pagamento da fatura

De acordo com a empresa, a ausência de cobrança de TEDs e outras tarifas bancárias propiciou aos cerca de 12 milhões de clientes do banco uma economia de R$ 2,3 bilhões ao longo de todo 2019. O valor foi calculado com base no custo médio de tarifas para abertura de conta, taxas de manutenção, transferências internas e entre bancos.

O ursinho estará disponível para venda no andar térreo da sede da empresa, localizado na capital de São Paulo, na Rua Capote Valente, 39, bairro de Pinheiros. Interessados têm de terça a sexta, das 8h às 19h, para realizar a compra. Pagamentos podem ser realizados com cartão de crédito, débito ou dinheiro. A quantidade das pelúcias é limitada.

Nubank

O Nubank é uma empresa que frisa a missão de devolver às pessoas o controle da sua vida financeira. Estão há pouco mais de 6 anos no mercado e atualmente contam com mais de 12 milhões de clientes.

Oferece serviços como NuConta, conta digital com a possibilidade de abertura de forma gratuita e via app. Para este método, não existe cobrança de taxas. O mesmo se aplica para o cartão de crédito.

Juan Gouveia é graduando em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É redator do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças diariamente.