IPVA em Minas Gerais: motoristas podem parcelar dívida

Nos últimos anos, houve uma grande parcela da população endividada com o Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA), que é cobrado pelos estados. Por isso, o governo do estado resolveu parcelar o IPVA em Minas Gerais dos motoristas que não realizaram o pagamento do imposto.

IPVA em Minas Gerais: motoristas podem parcelar dívida
IPVA em Minas Gerais: motoristas podem parcelar dívida

Anualmente, os motoristas devem pagar um imposto denominado IPVA. Os valores arrecadados nesse imposto são divididos entre estados e municípios, esse dinheiro deve ser usado para gastos públicos em saúde, segurança, educação e transporte público.

Leia também: Últimos dias para quitar o IPVA; saiba as consequências da dívida ativa

Cada estado determina o valor que será cobrado de forma independente, e as mudanças são realizadas de acordo com a necessidade de cada um deles.

Em Minas Gerais o calendário de pagamento terminou no final de março, mas quase 1,4 milhão de motoristas não quitaram o IPVA. No Estado, a dívida chega a R$410,7 milhões.

Os motoristas mineiros podem realizar o parcelamento dessa dívida em até 12x, porém o valor da parcela deve ser de no mínimo R$200.

Além disso, há uma multa de 20% sobre o valor devido somadas aos juros calculados pela taxa Selic.

Os valores referentes a taxa de licenciamento, seguro e multas de transito não podem ser parcelados.

Vale lembrar que sem o IPVA em Minas Gerais pago, não é possível realizar o licenciamento do veículo. Além disso, dirigir com tributoo atrasado é considerada infração gravíssima e além de uma multa o veículo pode ser apreendido.

O atraso também resulta em nome sujo, ou seja, será mais difícil para que a pessoa consiga empréstimos.

Para negociar a dívida é necessário que os contribuintes entre no site da Secretaria da Fazenda de Minas Gerais e realizem o parcelamento.

Depois, durante o período de duração, será necessário pagar a guia todos os meses até que a dívida seja quitada, com o intuito de evitar uma nova dívida ativa do IPVA em Minas Gerais.

Após o contribuinte pagar a primeira parcela do acordo, o débito tem a execução fiscal suspensa, se já estiver em dívida ativa.

O estado de Minas Gerais visa arrecadas esse ano R$5,2 bilhões com o pagamento do IPVA. Até o final do mês de setembro, o Estado havia arrecadado R$4,8 bilhões.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.