Dívidas do IPTU e IPVA do Distrito Federal somam $473 milhões

Os motoristas brasilienses estão em dívida com o governo federal e parece que quem vai pagar a conta é a sociedade de modo geral. Segundo um levantamento realizado pela Secretaria de Economia, 25% dos imóveis do Distrito Federal e 15% da frota de veículos estão sem efetuar o pagamento de seus impostos. O levantamento afirma que tanto o IPVA quanto o IPTU já contabilizam um rombo de cerca de 473 milhões no orçamento do governo.

Dívidas do IPTU e IPVA do Distrito Federal somam $473 milhões
Dívidas do IPTU e IPVA do Distrito Federal somam $473 milhões

Cerca de 279.787 motoristas não efetuaram o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e 279.463 veículos seguem circulando pela capital sem o licenciamento por ausência do pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Leia também: IPVA 2020: entenda qual valor do imposto no seu estado

No que compete as atividades do governo, tais dividas interferem no orçamento previsto para saúde, estrada, educação e mais. Já os motoristas, podem perder a carteira e terem seus imóveis confiscados se forem pegos dirigindo com os impostos atrasados.

Segundo a Lei Orçamentária Anual (LOA), espera-se que sejam pagos R$ 979,4 milhões até o fim desse ano, levando em consideração que a última parcela do imposto deve ser quitada esse mês. Para alcançar a meta prevista com o orçamento dos tributos, o governo informou que ainda faltam aproximadamente R$ 200 milhões.

De acordo com os dados da Secretaria de Economia, até a primeira semana de novembro foram recebidos R$ 754.574.740, correspondentes a 75% do valor total do IPTU. Já o IPVA, a quantia ultrapassou a expectativa de R$ 976,2 milhões e chegou a R$1.146.132.688.

Informes de cobrança do IPTU e IPVA

Aqueles que estão em débito são notificados tanto por e-mail, telefone e correspondências. O que os impede de alegar que não saberiam as datas limites para a conclusão do pagamento. “As mensagens são encaminhadas para lembrar de atraso no pagamento do IPTU, do IPVA ou de outros débitos com a Receita do DF. A Secretaria não envia boletos”, informou a nota oficial liberada pela secretaria.

Há tempo para se regularizar

Quem está em atraso, mas deseja reverter a situação ainda tem tempo. Seja para pagar o IPTU ou o IPVA, basta acessar o site da Receita Federal ou procurar um posto de atendimento nas agências de Secretaria de Economia mais próxima.

Segundo o comunicado do governo, é possível parcelar o valor total em até 60 vezes, desde que a mensalidade seja acima de R$ 47,76 para a pessoa física e R$ 159,89 para a pessoa jurídica.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Dívidas do IPTU e IPVA do Distrito Federal somam $473 milhões

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA