FGTS faz mais um pagamento nesta sexta-feira (22)

Novo saque no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A partir desta sexta-feira (22), os brasileiros nascidos em junho e julho poderão retirar o saque-imediato no valor de R$500. A liberação do pagamento será realizada nas agências Caixas e Casas Lotéricas, sob apresentação da carteira de trabalho, extrato do FGTS e RG.

FGTS faz mais um pagamento nesta sexta-feira (22)
FGTS faz mais um pagamento nesta sexta-feira (22)

Autorizado desde setembro, o auxílio vem movimentando milhões na economia brasileira, impactando não só no bolso dos beneficiários, mas também no comércio.

Veja também: Cartão Cidadão para saque do PIS e FGTS; saiba como emitir

Com a liberação do saque próximo ao período de fim de ano, espera-se que haja uma circulação financeira de até 60 milhões nas lojas, até 31 de dezembro.

Como funciona o saque imediato do FGTS

Para os correntistas Caixa Econômica Federal, o saque começou no dia 13 de setembro e para os não correntistas em 18 de outubro. Apesar da antecipação do calendário, autorizada pelo presidente Jair Bolsonaro junto com a nova modalidade no valor de R$ 500, ainda será possível retirar a quantia até o dia 31 de março de 2020.

Segundo os representantes da Caixa, o adiantamento no calendário foi possível mediante a otimização das plataformas digitais que descongestionaram os atendimentos nas agências.

Como de costume, o novo calendário foi feito de acordo com a data de aniversário do trabalhador e deve ser encerrado ainda em dezembro.

Aqueles que tiverem mais de uma conta no fundo, sejam elas ativas ou inativas, podem efetuar o saque limite de até R$ 500 por conta.

As contas ativas correspondem ao atual emprego e as inativas são aquelas abertas por empresas onde o cidadão já trabalhou, mas foi dispensado.

No caso dos que estão enquadrados no reajuste de R$ 998 reais, é preciso ter uma quantia igual ou inferior a essa no FGTS para poder receber o acréscimo. A mudança no valor aguarda sanção da presidência.

Limite de saque

Não foi determinado um número limite de contas por saque. A medida prevê apenas que o valor total de cada saque é de R$ 500. Entretanto, o trabalhador que tiver, por exemplo, até três contas em aberto poderá receber até R$ 1.500, seguindo o teto estipulado por cada cadastro. É importante lembrar que o saque só pode ser feito uma vez por conta. Exemplo, caso tiver R$ 400, os R$ 100 restante ficará retido em seu cadastro.

Calendário do FGTS em 2019

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março, abril e maio: já podem sacar
  • Junho e julho: recebem a partir de 22/11/2019
  • Agosto: recebem a partir de 29/11/2019
  • Setembro e outubro: recebem a partir de 6/12/2019
  • Novembro e dezembro: recebem a partir de 18/12/2019.

Procedimento nos canais de atendimento

  • Lotéricas: até R$ 100 com número do CPF e documento de identidade; até R$ 500 com número do CPF, senha do Cartão do Cidadão e documento de identidade
  • Caixas eletrônicos: até R$ 500 com número do CPF e senha do Cartão do Cidadão
  • Agências da Caixa: até R$ 500 com documento de identidade Correspondentes
  • Caixa Aqui: até R$ 500 com número do CPF, Cartão do Cidadão e senha do cartão

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.