ANÚNCIO

Para aqueles que desejam regularizar as contas ou dar início a um novo projeto, o empréstimo consignado pode ser uma ótima oportunidade. Trata-se de um crédito oferecido para os aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos que oferece uma das menores taxas de juros do mercado e prazos de pagamentos mais longos.

Quais cuidados tomar na hora de contratar um empréstimo consignado? Veja!
Quais cuidados tomar na hora de contratar um empréstimo consignado? Veja!
ANÚNCIO

Segundo dados do Banco do Brasil, somente durante o mês de março, foram concedidos mais de R$ 72,6 bilhões para aqueles que precisavam de uma renda extra. Entretanto, apesar da oportunidade, é preciso estar muito atento antes de solicitá-la.

Leia também: Empréstimo do Banco Inter não faz consulta ao SPC/SERASA

Para evitar dívidas, fraudes e demais transtornos é preciso pesquisar bem sobre os benefícios e prejuízos ocasionados pelo empréstimo consignado. A modalidade que desconta da folha de pagamento o valor referente a quantia emprestada.

Estar atento as ofertas do banco, entender quais suas reais necessidades financeiras, saber sobre as taxas de juros e ter um planejamento econômico são pontos fundamentais antes de dar entrada no pedido de crédito. Confira algumas dicas:

  1. Faça um planejamento antes de pedir um empréstimo consignado

Ter um planejamento financeiro lhe ajudará a não ter futuros desfalques em seu contracheque. Colocar na ponta do lápis informações como: renda fixa, gastos mensais, investimentos e débitos proporcionará uma maior segurança.

Ao solicitar o empréstimo você precisa saber quanto poderá investir mensalmente, lembrando que o desconto é feito diretamente em sua folha de pagamento até a quitação total da dívida.

  1. Esteja por dentro de seus direitos

Apesar de assumir um compromisso financeiro com o banco, o débito referente ao empréstimo não pode ser feito sem sua autorização. Então, caso haja retiradas não aprovadas em sua conta, direcione-se até o gerente para dar entrada no processo de revisão.

É importante também saber que o empréstimo consignado só é liberado se o seu banco tiver convênio com o INSS. Ou seja, sendo correntista do Bradesco, por exemplo, ele precisa ter ligação com o instituto de modo que possa lhe oferecer o crédito.

Por fim, segundo o Banco Central, o desconto total deve ser de 35% tendo como base sua folha de pagamento.

  1. Leia com cuidado as condições do contrato

Antes de assinar o contrato leia todas às cláusulas, estando de olho em cada condição imposta. Elas devem corresponder com sua situação financeira e não podem ultrapassar seu orçamento.

  1. Confira os custos extras

Entre os custos extras normalmente aplicados pelos bancos estão as taxas de abertura de crédito, taxa de cadastro e seguro (em caso de desemprego). Informe-se do valor exato de cada um e se há a possibilidade de reajustes após o fechamento do contrato. É importante lembrar que o pagamentos dessas tarifas não podem ser obrigatórios.

Maria Eduarda Andrade, mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.