Categorias: Bolsa Família Direitos & Benefícios Últimas Notícias

Reajuste no Bolsa Família? Saiba quais as novidades para o fim de ano

No final desse ano, os beneficiários do Bolsa Família receberão o pagamento do 13º salário, como o aprovado pelo governo. Porém, será que além do pagamento vai inclui reajuste no Bolsa Família? Veja!

Reajuste no Bolsa Família? Saiba quais as novidades para o fim de ano

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no país.

Leia também:Inscrição Bolsa Família é feita em pontos da assistência social; saiba onde

O governo assinou uma medida provisória que garante o pagamento do 13º salário para as famílias.

Uma proposta que fez parte da promessa de campanha para presidente de Jair Bolsonaro (PSL) e colocada também nas metas de 100 dias de governo.

O valor recebido é o mesmo do benefício mensal que já é pago para a família, variando de acordo com o perfil de cada beneficiado.

Os dias para a realização do pagamento do 13º variam de acordo com o último digito do Número de Identificação Social (NIS), que também é chamado de PIS ou NIT, seguindo o calendário do programa.

Com o pagamento desse salário extra, não haverá reajuste no Bolsa Família. E o valor recebido mensalmente pelas famílias, pode voltar a ter o mesmo peso no próximo ano.

O último reajuste feito no benefício pelo governo foi em julho de 2018. Quando o benefício foi aumentado em 5,67%.

Os valores pagos pelo programa não são corrigidos anualmente por índice de inflação, como acontece com o salário mínimo.

Os reajustes são dados por decreto presidencial, sem periodicidade definida e não seguem um índice de inflação específico. Em anos anteriores ao realizar reajustes o governo comparou-os com diferentes índices de inflação.

O pagamento do 13º só está garantido para esse ano, 2019. Não há informações sobre a possibilidade do pagamento do benefício nos próximos anos.

A decisão do pagamento do 13º vai beneficiar 13,5 milhões de famílias de baixa renda em diversas áreas do pais, principalmente os moradores da região Nordeste do país.

O programa do Bolsa Família atende famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda mensal de R$ 89,00 e famílias em situação de pobreza, com renda entre 89,01 reais e 178,00 reais mensais.

Em setembro, 13,5 milhões de famílias foram atendidas a um custo de R$ 2,5 bilhões. O benefício médio registrado pelo governo foi de R$ 189,21 reais.

Para que essa medida seja feita em outros anos o texto precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional em até 120 dias, para que não perca a validade.

Os interessados em se cadastrar no programa Bolsa Família, devem se inscrever no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou na gestão municipal do bolsa família.

Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas, formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes, atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.

Últimas Notícias

  • Direitos & Benefícios
  • Últimas Notícias

BPC sem perícia! MPF pede que INSS dispense essa fase no pedido

ANTECIPAÇÃO DO BENEFÍCIO Leia Mais

14 horas ago
  • Finanças
  • Últimas Notícias

SENAC DF lança lista com cursos gratuitos em EAD

PREPARAÇÃO ONLINE Leia Mais

14 horas ago
  • Renda
  • Últimas Notícias

Declaração do MEI recebe nova data de entrega com prorrogação

PRAZO AMPLIADO Leia Mais

15 horas ago
  • Direitos & Benefícios
  • INSS
  • Últimas Notícias

Revisão do INSS pode ser solicitada sem sair de casa! Aprenda a fazer

MAIS PRATICIDADE Leia Mais

15 horas ago