Cadastro Positivo recebe informações bancárias para atualização de dados

Aqueles que estão querendo melhorar o nome na praça ou solicitar serviços de crédito podem comemorar. Nessa segunda-feira (11), o Governo Federal anunciou que o Cadastro Positivo passará a incluir automaticamente todos os brasileiros que estão com as contas do banco em dia.

Cadastro Positivo inclui nomes de bons pagadores para consulta das empresas
Cadastro Positivo inclui nomes de bons pagadores para consulta das empresas

Para quem não sabe, o serviço trata-se de histórico onde é possível conferir todas as movimentações financeiras a partir do CPF do cidadão.

Leia também: Empréstimo do Banco Inter não faz consulta ao SPC/SERASA

Mediante as modificações, os bancos e demais instituições do setor foram obrigados a enviar o histórico completo de seus clientes nos últimos 12 meses. Saques, pagamentos, empréstimos, transições bancárias e movimentações em geral. Tudo será levado em consideração para o registro e atualização do histórico.

Foram autorizadas pelo Banco Central para receber tais informações as seguintes empresas: Boa Vista Serviços, Quod Gestora de Inteligência de Crédito, Serasa Experian e SPC Brasil, da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Elas estarão responsáveis por registrar tais dados e manter as informações atualizadas.

Gerente do Cadastro Positivo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), Vilário Pereira explicou que todos devem enviar os dados para o cadastro positivo. Segundo ele, é uma forma de manter o nome em circulação de modo que facilite na aceitação de pedidos de créditos ou empréstimos, por exemplo.

“Os varejistas que possuem crediário próprio ou cartão da loja também devem enviar os seus dados para o cadastro positivo. E isso deve acontecer ao longo dos próximos meses”, pontuou.

Previsões do Cadastro Positivo para os anos seguintes

Já em 2020, os registros passarão por novas modificações. Neles serão inclusas listas de bons e maus pagadores daqueles que não possuem conta em banco ou crédito em lojas.

Contas como água, luz, telefone, internet e celular passarão a compor a análise de dados mesmo que o titular não seja reconhecido pelas empresas que concedem crédito.

“Há estimativas do mercado que prevêem que cerca de 22 milhões de pessoas que antes não tinham acesso ao crédito poderão ter acesso ao crédito com a inclusão dos seus dados no cadastro positivo”, afirmou Vilásio.

Inicialmente, os bancos e financeiras precisam enviar os dados até o dia 19 deste mês de novembro. Já as empresas gestoras contarão com 30 dias para notificar cada cliente individualmente.

Na sequência, será autorizado mais 30 dias para a realização de consulta no histórico e caso não queira o cidadão poderá recusar sua inclusão no Cadastro Positivo. A pontuação do programa varia de zero a mil pontos, determinando o nível de nota máxima dos bons pagadores.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Cadastro Positivo recebe informações bancárias para atualização de dados

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA