O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran/ES), oferece, de forma gratuita, cursos de especialização em transporte para os contemplados do Programa CNH Social.

CNH Social: Detran do ES oferece cursos de especialização para participantes do programa
CNH Social: Detran do ES oferece cursos de especialização para participantes do programa

A cerimônia de anuncio foi realizada no auditório do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, juntamente com a realização de mais uma Etapa de Sensibilização pela Vida no Trânsito, que conscientiza os condutores sobre os acidentes no trânsito.

Saiba também: Cadastro Único não limita inscrição apenas no Bolsa Família

O evento contou com diversos relatos, entre eles de médicos, pacientes que sofreram acidente entre outros.

De acordo com o órgão, mais de mil condutores estão aptos para a qualificação oferecida pelo Detran do Estado.

Os cursos de especialização que serão ofertados são: transporte de produtos perigosos, transporte escolar, transporte de passageiros, de carga indivisível e de veículos de emergência.

Além de formação, também é oferecida renovação desses cursos para os beneficiários que já estão com a validade vencida.

A oferta dos cursos é feita com o objetivo de aumentar a capacidade de acesso ao emprego e de gerar renda para as pessoas de baixa renda no Estado. Assim eles podem trabalhar como motoristas de táxi, de aplicativos, em transportadoras ou até mesmo conseguir outras formas de atuação.

Os interessados devem atender aos seguintes requisitos: ser maior de 21 anos, estar com a CNH válida e ter tido sua Carteira Nacional de Habilitação emitida com o benefício CNH Social.

Além disso, não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima, não pode ser reincidente em infrações médias durantes os últimos 12 meses e não estar cumprindo pena de suspensão do direito de dirigir ou cassação da CNH.

O programa da CNH Social conta com 2.500 vagas, para as categorias de primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro); para aqueles que já são habilitados, a adição de categoria A ou B e a mudança de categoria D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta).

Para se inscrever no programa, o candidato precisa já estar registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com os dados atualizados.

Além disso, a pessoa necessita ser maior de 18 anos, morar no Espírito Santo e ter renda familiar de até dois salários mínimos.