ANÚNCIO

O terceiro pregão da folha do INSS foi marcado. A convocação acontecerá no dia 5 de novembro, às 10h, no auditório do Edifício Sede do INSS, em Brasília (DF). Ela tem como objetivo debater o funcionamento dos serviços bancários parceiros para a retirada do benefício. A informação foi publicada no último dia 23, por meio do novo edital (n° 16).

ANÚNCIO

Na sequência, após os ajustes e definições das instituições bancárias responsáveis pelos benefícios concedidos entre 2020 e 2024, será realizada uma sessão pública, comunicando o encerramento para novos licitantes.

Leia mais: Aposentadoria do INSS vai subir com reajuste no teto de 2020

A última edição foi realizada durante o mês de agosto deste ano, contando com a presença de 20 instituições bancárias. Na ocasião, foram debatidas pautas a respeito do processo de licitação, de modo que pudessem entender as alterações de legislações realizadas.

Sobre o encontro, Márcia Eliza Souza, Diretora de Benefícios do Instituto, afirmou: “Este é um processo de construção, estamos aqui para receber sugestões”. A iniciativa ocorre desde 2009 e tem como objetivo criar uma ordem de preferência para o contrato dos bancos responsáveis por administrar os pagamentos do INSS.

Para participar do pregão, as instituições bancárias interessadas devem comparecer à licitação apresentando os documentos solicitados no edital. Todos os candidatos têm o direito de realizar ofertas de preços para os benefícios, desde que estes sejam realizados dentro do período contratual.

As normas, regras e documentos necessários para cadastro são sempre disponibilizados por meio dos editais e também podem ser conferidos na versão prévia do Edital. A versão final do documento e todas as informações sobre a data e o local da licitação serão publicadas no site do INSS.

Novidades

A partir de 2020, os beneficiários poderão sacar seus pagamentos por meio de um cartão magnético. Ele poderá ser utilizado na função de debito, possibilitando compras diretas e demais atividades bancárias correspondentes a modalidade.

Hoje, todos os pagamentos são feitos prioritariamente pela Caixa, solicitando aos beneficiados a emissão do Cartão Cidadão. Por meio dele, é possível usufruir todos os benefícios oferecidos pelo INSS, como o salário maternidade (para mães pós gestação, cadastradas no instituto), auxílio doença (trabalhadores impossibilitados de trabalhar por questões de saúde), entre outros.

Maria Eduarda Andrade, mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.