Novo golpe na praça. Mais uma fraude está circulando no WhatsApp, dessa vez visando inscrições falsas para a obtenção da CNH gratuita. O link enviado como uma corrente, caso acessado, se compartilha para os demais contatos da vítima, disseminando a farsa.

CNH popular vira alvo para aplicação de golpes; veja quais cuidados tomar
CNH popular vira alvo para aplicação de golpes; veja quais cuidados tomar

Segundo a PSafe, fabricante do antivírus de celular DFNDR, mais de 270 mil usuários que utilizam o DFNDR caíram no golpe somente na última semana. A organização estima que a fraude pode ter chegado a até três milhões de pessoas que não utilizam o produto.

A página da web convida o usuário para realizar sua inscrição no programa de “CNH social’, alegando que cobrirá as taxas e demais valores solicitados para o registro dos documentos. O texto informa que o beneficio vale em todos os estados, sem restrição alguma sobre quem pode recebê-lo. É importante ressaltar que, o programa de CNH social ou CNH popular existe, porém só está disponível em alguns estados e com restrições.

Leia mais: Sem simulador, preço da CNH cai; Confira novos valores

No ato da inscrição, a vítima precisa disponibilizar seu nome completo, data de nascimento e estado no qual reside. Em seguida, após a confirmação, compartilha a fraude com seus contatos, sendo direcionada a uma página no Facebook que já possui milhares de compartilhamentos e curtidas.

No perfil, os internautas podem conferir diversas informações sobre outros programas sociais, como o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, entre outros, porém todas são falsas e não apresentam qualquer ligação com canais oficiais do governo.

Saiba como prevenir o golpe:

Segundo a PSafe, o objetivo dos criminosos é coletar informações para aplicar novos golpes no futuro ou mesmo vender as informações pessoais das vítimas. Sendo assim, quem forneceu suas informações na página falsa deve redobrar a cautela para não cair nas fraudes que podem chegar.

No caso daqueles que felizmente não receberam o link, é importante estar atento a todo e qualquer material compartilhado online, títulos como “obtenha seu beneficio”, “consiga seu cadastro grátis”, entre outros, devem ser ignorados. Em caso de dúvidas, buscar sempre a confirmação por meio das fontes oficiais do governo.