CNH popular vira alvo para aplicação de golpes; veja quais cuidados tomar

Novo golpe na praça. Mais uma fraude está circulando no WhatsApp, dessa vez visando inscrições falsas para a obtenção da CNH gratuita. O link enviado como uma corrente, caso acessado, se compartilha para os demais contatos da vítima, disseminando a farsa.

CNH popular vira alvo para aplicação de golpes; veja quais cuidados tomar
CNH popular vira alvo para aplicação de golpes; veja quais cuidados tomar

Segundo a PSafe, fabricante do antivírus de celular DFNDR, mais de 270 mil usuários que utilizam o DFNDR caíram no golpe somente na última semana. A organização estima que a fraude pode ter chegado a até três milhões de pessoas que não utilizam o produto.

A página da web convida o usuário para realizar sua inscrição no programa de “CNH social’, alegando que cobrirá as taxas e demais valores solicitados para o registro dos documentos. O texto informa que o beneficio vale em todos os estados, sem restrição alguma sobre quem pode recebê-lo. É importante ressaltar que, o programa de CNH social ou CNH popular existe, porém só está disponível em alguns estados e com restrições.

Leia mais: Sem simulador, preço da CNH cai; Confira novos valores

No ato da inscrição, a vítima precisa disponibilizar seu nome completo, data de nascimento e estado no qual reside. Em seguida, após a confirmação, compartilha a fraude com seus contatos, sendo direcionada a uma página no Facebook que já possui milhares de compartilhamentos e curtidas.

No perfil, os internautas podem conferir diversas informações sobre outros programas sociais, como o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, entre outros, porém todas são falsas e não apresentam qualquer ligação com canais oficiais do governo.

Saiba como prevenir o golpe:

Segundo a PSafe, o objetivo dos criminosos é coletar informações para aplicar novos golpes no futuro ou mesmo vender as informações pessoais das vítimas. Sendo assim, quem forneceu suas informações na página falsa deve redobrar a cautela para não cair nas fraudes que podem chegar.

No caso daqueles que felizmente não receberam o link, é importante estar atento a todo e qualquer material compartilhado online, títulos como “obtenha seu beneficio”, “consiga seu cadastro grátis”, entre outros, devem ser ignorados. Em caso de dúvidas, buscar sempre a confirmação por meio das fontes oficiais do governo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA