Calculadora de Aposentadoria INSS

Quer saber quanto tempo para falta para se aposentar ou está se preparando para solicitar sua sonhada aposentadoria? A melhor forma para isso é se informar a partir da Calculadora de Aposentadoria INSS.

Trabalhadores que contribuíram com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) têm garantido por lei o direito à aposentadoria.

Para isso, é necessário cumprir certos requisitos. Estes podem variar de acordo com o tipo de aposentadoria que o cidadão vai solicitar.

O valor da aposentadoria do INSS é calculado com base na média dos 80% maiores salários de contribuição do trabalhador, desde julho de 1994.

O valor que você vai receber quando aposentado também muda de acordo com o fator previdenciário. O fator previdenciário é um cálculo que considera a idade do trabalhador, o tempo de contribuição e a expectativa de vida.

Como usar a calculadora de aposentadoria do INSS (FDR)?

Aqui no FDR temos uma calculadora que você pode usar para fazer o cálculo e ter uma ideia de quanto poderá receber ao se aposentar.

Para utilizar a calculadora de aposentadoria do INSS do FDR, é necessário:

  • Informar o sexo (feminino ou masculino)
  • Informar a idade atual
  • Informar com qual idade pretende se aposentar
  • Informar o tempo de contribuição (anos trabalhados) até o momento
  • E por último, informar o valor médio de todos os salários diferentes no tempo de contribuição (somar todas as variações salariais e dividir pela mesma quantidade)
Calculadora de aposentadoria do INSS: Veja quanto falta para se aposentar
Calculadora de aposentadoria do INSS: Veja quanto falta para se aposentar (Imagem FDR)

Como funciona a Calculadora de Aposentadoria do Portal INSS

A calculadora de aposentadoria INSS é a ferramenta que faz uma busca automática de todas as informações e dados vinculados ao segurado que constam nos sistemas da Previdência Social.

Em seguida, calcula o tempo de contribuição faltante. Isso quer dizer, por quantos anos o trabalhador ainda precisa contribuir para se aposentar.

Se existir algum vínculo que por alguma razão não conste nos registros previdenciários, é possível fazer a inclusão manual deles no Simulador de Aposentadoria INSS.

A calculadora para simular aposentadoria INSS pode ser acessada através do portal Meu INSS pela internet e também pelo aplicativo que possui o mesmo nome. O App está disponível para celulares com sistema operacional Android e iOS.

Para este procedimento é necessário que o usuário tenha cadastro no Meu INSS. No simulador de aposentaria, o segurado pode fazer sete tipos diferentes de cálculos, sendo dois para aposentadoria por idade e cinco para aposentadoria por tempo de serviço.

Para fazer a simulação do valor do seu benefício é preciso calcular primeiro o seu tempo de contribuição. Além desta informação, será necessário que você informe todas as suas contribuições desde de julho do ano de 1994 em diante.

Se por acaso não possua estas informações, basta acessar o Extrato Previdenciário e fazer a consulta ao documento

A reforma da previdência aprovada em 2001, impôs várias alterações nas regras da aposentadoria no Brasil, e estabeleceu uma idade mínima para a solicitação do benefício, 62 anos de idade (mulher) ou os 65 (homem) entre outras novas regras.

Vale lembrar que o INSS reforça que a calculadora serve apenas como um meio de simulação. A análise valida perante ao instituto é feita exclusivamente por eles.

Como usar o simulador de aposentadoria oficial INSS?

Para usar a calculadora de aposentaria do INSS, é preciso seguir esses passos:

  • Faça login no Meu INSS;
  • Clique em “Do que você precisa?” e escreva “simular aposentadoria”;
  • Confira ou altere seus dados, como data de nascimento ou vínculos, clicando no lápis.
  • Depois clique em “Recalcular”;
  • A partir do resultado você pode “Pedir Aposentadoria” ou “Baixar PDF”.

Veja um exemplo de simulação da aposentadoria do INSS abaixo:

Como se cadastrar no Meu INSS?

Para realizar o cadastro no Meu INSS, você vai precisar informar seu CPF, nome completo, data e local de nascimento e nome da mãe. Após isso será gerado um código de acesso provisório. Nesse momento você deve fazer login, com a senha provisória.

Logo em seguida, aparecerá mensagem informando que é necessário que você crie sua própria senha, que deve ser: alfanumérica (Exemplo: Financa1).

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.1 / 5. Número de votos: 116

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!