Financiamento ou Empréstimo: Qual a melhor opção?

Financiamento ou Empréstimo? Sempre vai existir a dúvida de qual é a melhor escolha? Quando nós estamos precisando de um dinheiro a mais para solucionar uma situação mais urgente, automaticamente pensamos, antes de tudo, em pedir emprestado. Aí vem o pensamento de pedir à avó, ou o pai, ou algum outro parente. Contudo, em segundo lugar, pensamos em algum banco ou alguma financeira.

É exatamente aí que surge a dúvida: Será que é melhor solicitar um financiamento ou conseguir um empréstimo pessoal? Na verdade, conhecendo a diferença entre eles, fica mais fácil saber qual o melhor para a situação. Bem, com relação aos seus parentes, não vamos poder ajudar muito… Mas não sobrará nenhuma dúvida sobre qual das duas formas – Financiamento ou Empréstimo – vai atender melhor às suas necessidades.

Financiamento ou Emprestimo
Entre o Financiamento ou Empréstimo, qual a melhor opção para cada necessidade?

Sabia que mesmo que o cliente esteja enfrentando problemas com os órgãos de proteção, ainda é possível se conseguir cartões de crédito para negativados? Claro, é sempre bom ter muito cuidado para que o cidadão não se afunde cada vez mais, mas é bom saber que existem algumas possibilidades.

Financiamento ou Empréstimo

“Parece, mas não é”. Todo mundo conhece esse ditado, e aqui ele entra em ação. E, independente de serem bem similares, essas duas possibilidades de crédito tem alguns aspectos que os diferenciam um do outro. Acima de tudo, o famosíssimo financiamento de crédito. Contudo, uma coisa é similar: Os dois são contratos entre o banco ou financeira e o solicitante, para emprestar dinheiro.

Nas duas escolhas, o cliente tem que arcar com juros! As vezes mais, as vezes menos, mas têm. Então entenda: A mais importante diferença entre financiamento e empréstimo – que também vai definir o valor do juros – é a fi-na-li-da-de. Ou seja, PARA QUE o solicitante deseja esse montante.

Financiamento de Crédito

O Financiamento tem que ter um objetivo específico. Independente de ser ou para um carro, ou para uma casa, ou para uma viagem, etc. Exclusivamente pelo fato do Financiamento ter uma finalidade determinada, as taxas de juros findam por ser menores. Porque o risco de quem solicita não quitar com a instituição te empresta é, também, menor.

Empréstimo Pessoal

Entretanto, o Empréstimo Pessoal não tem uma finalidade especificada. Quer dizer, é possível que tenha, mas o solicitante não tem nenhuma obrigação, nem mesmo a necessidade de informar a instituição para qual propósito se quer aquele valor. A instituição finda por compensar essa ausência de estabelecimento de propósito do empréstimo, com o aumento dos percentuais de juros.

Importante Saber

Dentre todas, talvez essa seja o informe mais valioso: Quanto maior for a quantidade de informações, pro banco, menor é o risco. Preencher uma requisição de Financiamento sem paciência, vai custar juros mais altos para o solicitante. Para que o banco tenha mais segurança no Financiamento, e consequentemente reduza as taxas de juros, é importante dar o máximo de informações possíveis para se colocar no contrato.

Isso também explica porque, no caso do Empréstimo Pessoal, quando a instituição não sabe a razão do cliente querer aquele valor, as taxas de juros costumam ser maiores. Por outro lado, é comum o valor ficar disponibilizado para o cliente espaço de tempo menor. Em algumas situações, o dinheiro já está pré-aprovado nas contas bancárias de alguns clientes.

Aprovações do Financiamento ou Empréstimo

Pelas razões acima listadas, fica claro que o Financiamento é um pouco mais difícil de ser liberado. Já que os juros são menores, a burocracia, para liberar, é bem maior. Ou seja, é preciso mais documentos (conhecidos comumente como “papelada”) para comprovar, tanto o que se quer financiar, como a possibilidade do solicitante em quitar. Muito mais complexo que o próprio Empréstimo.

É comum que, no momento de conceder ou Financiamento ou o Empréstimo, os bancos e financeiras façam uma análise de crédito. Aí, o Serasa Score conta muito. É importante ir no site oficial do Serasa Ensina para saber qual a melhor maneira de aumentar o score, antes mesmo de solicitar o financiamento ou empréstimo.

Autorizações

Como é mais tranquilo de ser liberado, existe Empréstimo Pessoal que dá pra conseguir até Online. Há vários bancos ou instituições financeiras que possibilitam empréstimo em seus próprio sites. Mas vale lembrar que cada um tem sua taxa de juros própria, seu Custo Efetivo Total (CET) e suas tarifas de acordo com suas políticas de créditos.

Como são diversas empresas oferecendo crédito, não é difícil ficar confuso, não conseguir fazer boas comparações e acabar perdendo uma boa oportunidade de oferta. Além disso, são vários fatores distintos que precisam ser, ao mesmo tempo, analisados. Isso para se tomar a melhor decisão, claro, baseada na matemática que mais favoreça o consumidor, sobre determinado serviço financeiro.

Financiamento ou Empréstimo no Serasa eCred

É melhor não sair por aí, só porque agora já se entende um pouco mais sobre o assunto, solicitando um financiamento ou empréstimo sem avaliar bem a necessidade. Importante saber se a parcela vai caber no bolso, e checar se o juros é menor do que o “daquele outro banco”. Planejar, antes, tudo certinho. E o máximo de cuidado com os golpes. O que mais existem por aí são pessoas dispostas a tirar proveito de quem está numa necessidade.

O Serasa eCred é, em primeiro lugar, no site oficial do Serasa, um comparador não só de empréstimos, mas também de cartões de créditos. Lá é possível encontrar dezenas, talvez centenas de empresas e ofertas de crédito, tudo em um só lugar. É bem mais fácil comparar por lá. Então é assim: Precisando de Empréstimo ou Financiamento, faça antes a comparação no Serasa eCred. Além de ser o mais intuitivo, ainda é de graça! Boa sorte!

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.3
Total de Votos: 3

Financiamento ou Empréstimo: Qual a melhor opção?

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!