Titulares do Bolsa Família estão autorizados a pedir empréstimo de R$20 mil? Veja liberação

Você recebe Bolsa Família e quer realizar um empréstimo de até R$ 20 mil? Sim, é possível! Os titulares do Bolsa Família podem solicitar um empréstimo de até R$20 mil através do Programa Acredita

Titulares do Bolsa Família estão autorizados a pedir empréstimo
de R$20 mil? Veja liberação. (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

Essa iniciativa do Governo Federal tem como objetivo impulsionar o microempreendedorismo, a geração de renda para as famílias mais vulneráveis e democratizar o acesso ao crédito.

Assim, o Programa Acredita tem condições especiais para que os inscritos no CadÚnico e beneficiários do Bolsa Família tenham acesso a microcrédito com taxas justas. 

A especialista Laura Alvarenga, colaboradora do FDR, comenta mais sobre o Programa Acredita, confira.

Empréstimo de R$ 20 mil

Com um investimento inicial de R$ 1 bilhão, sendo R$ 500 milhões liberados em 2024, o Programa Acredita tem o objetivo de disponibilizar até R$ 12 bilhões em crédito para micro e pequenos empreendedores.

Oferecendo operações de crédito que podem variar de R$ 21 mil a R$ 80 mil, com o valor máximo correspondendo a 30% do faturamento do MEI. Em uma iniciativa inclusiva, metade dos recursos será destinada a mulheres empreendedoras, sem cobrança de taxas pelo uso do fundo.

Estima-se que 4,6 milhões de pessoas inscritas no CadÚnico já atuem como empreendedores formais e que 14 milhões tenham o desejo de iniciar seus próprios negócios e serão beneficiadas com essa iniciativa. Com início previsto para julho, Acredita no Primeiro Passo tem como meta realizar 1,25 milhão de transações de microcrédito até 2026, injetando mais de R$ 7,5 bilhões na economia.

Quem pode solicitar?

 

Yasmin NascimentoYasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), com MBA em Digital Strategy também pela Unicap. Com sólida experiência em redação e gestão de redes sociais, a carreira de jornalista começou na redação do Diario de Pernambuco, indo desde estagiária até editora assistente, contribuindo com o conteúdo factual, as redes sociais do jornal e SEO. Além disso, também tem experiência como social media em agências, trabalhando com uma variedade de segmentos e marcas.
Sair da versão mobile