Governo revela mudança no valor da aposentadoria dos militares, BPC, abono salarial e seguro desemprego

O Governo Federal anunciou alterações significativas nos valores da aposentadoria dos militares, BPC, abono salarial e seguro-desemprego. As mudanças têm como objetivo ajustar os benefícios contra fraudes e garantir maior equilíbrio nas contas públicas.

Governo revela mudança no valor da aposentadoria dos militares,
BPC, abono salarial e seguro desemprego. (Imagem: FDR)

A atenção da ministra do Planejamento, Simone Tebet, está voltada para estes benefícios, pois ela aponta que a ligação entre o salário mínimo e os benefícios sociais pode resultar em um custo superior a R$ 1,3 trilhão nos próximos 10 anos. Com essa previsão, fica evidente que é preciso fazer ajustes para manter a sustentabilidade fiscal do país, ao mesmo tempo que se garante o suporte essencial para os mais necessitados.

A especialista Laura Alvarenga, colaboradora do FDR, comenta mais sobre benefícios, confira.

Redução de gastos

Em uma entrevista ao jornal “O Globo”, Tebet detalhou os planos do governo para intensificar a redução de gastos. A ministra explicou que a equipe econômica, que já vinha trabalhando na contenção de despesas, agora se reunirá diariamente para apresentar propostas concretas até o final de junho. 

Quando questionada sobre quais benefícios poderiam ser cortados, Tebet mencionou o BPC (Benefício de Prestação Continuada), o abono salarial, o seguro-desemprego e o auxílio-doença. A ministra destacou a necessidade de modernizar esses programas e explorar diversas possibilidades para ajustes. Além disso, ela ainda comentou sobre a possibilidade de fazer ajustes na previdência dos militares.

Apesar do estudo das mudanças, Tebet afirmou que isso só poderá ser feito após conversa com o presidente Lula e com o Congresso Nacional. 

As declarações da ministra Simone Tebet, e declarações passadas do ministro Fernando Haddad, indicam um movimento significativo do Governo Federal para revisar e possivelmente cortar alguns benefícios do INSS. Embora ainda não haja decisões concretas, o debate está aberto, e as propostas serão cuidadosamente avaliadas pelo presidente e pelo Congresso.

 

Yasmin NascimentoYasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), com MBA em Digital Strategy também pela Unicap. Com sólida experiência em redação e gestão de redes sociais, a carreira de jornalista começou na redação do Diario de Pernambuco, indo desde estagiária até editora assistente, contribuindo com o conteúdo factual, as redes sociais do jornal e SEO. Além disso, também tem experiência como social media em agências, trabalhando com uma variedade de segmentos e marcas.
Sair da versão mobile