Governo quer aumento do Bolsa Família em R$ 700 milhões e titulares comemoram ótima notícia

Uma ótima notícia para as mais de 18 milhões de famílias brasileiras beneficiadas pelo programa Bolsa Família: o Governo Federal quer realizar um aumento de R$ 700 milhões no orçamento do programa

Governo quer aumento do Bolsa Família em R$ 700 milhões e titulares
comemoram ótima notícia. (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

Esse investimento financeiro do governo tem como objetivo principal ampliar o alcance do programa e incluir cerca de 80 mil novas famílias em situação de vulnerabilidade social.

Além da expansão do Bolsa Família, o aumento também tem o objetivo de garantir um suporte maior para as famílias já inscritas. 

A especialista Lila Cunha, colaboradora do FDR, comenta mais sobre o Bolsa Família, confira.

Critérios para receber o Bolsa Família

Para famílias com crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos também é necessário que esses jovens tenham:

Se a família tiver gestantes, é necessário que elas estejam realizando o acompanhamento pré-natal. Já as famílias com membros que recebam outros benefícios do governo, como seguro-desemprego ou auxílio-doença, também podem ter direito ao Bolsa Família, mas o valor do benefício pode ser reduzido.

Quando o aumento será realizado?

Ainda não há uma data definida para a implementação do aumento do Bolsa Família, pois o projeto ainda precisa passar por aprovação no Congresso Nacional.

Como se cadastrar no Bolsa Família?

Para realizar o cadastro no Bolsa Família é necessário se dirigir a um CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) para realizar a inscrição da família no CadÚnico. Além disso, a inscrição do CadÚnico também pode ser feita através do site ou aplicativo do Ministério da Cidadania.

Yasmin NascimentoYasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), com MBA em Digital Strategy também pela Unicap. Com sólida experiência em redação e gestão de redes sociais, a carreira de jornalista começou na redação do Diario de Pernambuco, indo desde estagiária até editora assistente, contribuindo com o conteúdo factual, as redes sociais do jornal e SEO. Além disso, também tem experiência como social media em agências, trabalhando com uma variedade de segmentos e marcas.
Sair da versão mobile