Mais de 19 mil idosos entram para a lista do nome sujo; confira a atualização agora

Um levantamento recente no Mato Grosso do Sul revelou que o número de idosos inadimplentes vem subindo e já chega a 11,46%, ou seja, mais de 19 mil idosos tiveram seus nomes incluídos na lista de devedores, popularmente conhecida como “nome sujo”.

Mais de 19 mil idosos entram para a lista do nome sujo; confira a
atualização agora.  (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

Essa atualização reflete uma preocupação crescente com a situação financeira dos idosos no Brasil e destaca a importância de uma gestão financeira cuidadosa, especialmente durante a terceira idade.

A especialista Laura Alvarenga, colaboradora do FDR, comenta mais sobre os idosos, confira.

Inadimplência

Além do Mato Grosso do Sul, os idosos dos estados do Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Mato Grosso e Rio de Janeiro também integram a lista dos cinco mais inadimplentes do país.

Entre as principais dívidas estão as com bancos e cartões, financeiras e serviços.

Consequências da inadimplência

Estar com o nome sujo pode trazer diversas consequências negativas, incluindo restrições para obter crédito, dificuldades para realizar compras a prazo, e até mesmo restrições para a obtenção de empréstimos ou financiamentos.

Além disso, a inadimplência pode causar estresse emocional e afetar a qualidade de vida dos idosos, que muitas vezes dependem de uma renda fixa para cobrir suas despesas básicas.

Diante desse cenário, é fundamental que os idosos adotem práticas de gestão financeira responsável. Isso inclui o controle rigoroso dos gastos, o estabelecimento de um orçamento mensal, e a busca por alternativas para renegociar dívidas e evitar a inadimplência.

Como verificar a situação financeira?

Para verificar se o nome está sujo e tomar medidas para regularizar a situação, os idosos podem consultar os serviços de proteção ao crédito, como o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e o Serasa Experian. Esses serviços oferecem ferramentas online para consulta gratuita da situação do CPF.

Veja como conseguir desconto no Serasa Limpa Nome no vídeo do especialista Ariel França, colaborador do FDR.

Yasmin NascimentoYasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), com MBA em Digital Strategy também pela Unicap. Com sólida experiência em redação e gestão de redes sociais, a carreira de jornalista começou na redação do Diario de Pernambuco, indo desde estagiária até editora assistente, contribuindo com o conteúdo factual, as redes sociais do jornal e SEO. Além disso, também tem experiência como social media em agências, trabalhando com uma variedade de segmentos e marcas.
Sair da versão mobile