INSS libera aumento de 25% na aposentadoria e lista de quem tem direito é divulgada

Aumento de 25% na aposentadoria é autorizado pelo INSS para alguns segurados. O adicional é destinado a ajudar os aposentados em suas atividades básicas. Pedido de aumento pode ser feito gratuitamente; veja como.

INSS libera aumento de 25% na aposentadoria e lista de quem tem direito é divulgada (Foto: Jeane de Oliveira/ FDR)

A maior parte dos aposentados recebe apenas um salário mínimo mensal, ou seja, R$ 1.412. Mas, é possível pedir o aumento de 25% na aposentadoria. O próprio Instituto Nacional do Seguro Social garante o pagamento adicional.

Esse valor não apenas aumenta a renda mensal dos aposentados, ele também contribui para uma melhor qualidade de vida.

Aumento nas aposentadorias

  • O aumento é concedido aos aposentados que necessitam de ajuda permanente de uma pessoa.
  • São aqueles aposentados que não são independentes, que precisam de ajuda para a realização de atividades básicas do dia a dia.
  • O valor é destinado exatamente à contratação dessa pessoa que vai cuidar do aposentado.
  • Com isso o INSS pretende oferecer melhor condições de vida e reduzir a despesa que o segurado teria com essa contratação.
  • A solicitação de aumento pode ser feita pelo site Meu INSS, basta digitar “adicional 25%”.

Quem pode receber o adicional de 25% na aposentadoria?

As pessoas que possuem uma das condições abaixo podem solicitar o adicional:

  • Cegueira total;
  • Doença que deixe a pessoa acamada;
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.
  • Paralisia dos dois braços ou pernas;
  • Perda das pernas, quando a prótese for impossível;
  • Perda de nove ou mais dedos das mãos;
  • Perda de um braço e uma perna, quando o uso de prótese for impossível;
  • Perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível.

Isso porque essas condições fazem com que o segurado necessidade de cuidados 24h ou para as atividades básicas.

Em geral esse aumento de 25% é concedido a quem recebe a aposentadoria por invalidez, mas um projeto poderá ampliá-lo fazendo com que mais pessoas o recebam.

Segundo apuração da especialista do FDR, Laura Alvarenga, existe outra forma de aumentar o benefício do INSS, nesse caso voltada a quem recebe o BPC.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.