Saque do FGTS pode mudar para o trabalhador? Entenda a última proposta apresentada

Proposta anunciada nesta semana pode facilitar o saque do FGTS para os brasileiros. O texto deve reduzir o prazo de liberação dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. A iniciativa deve ajudar os brasileiros em momentos de dificuldades; entenda.

Saque do FGTS pode mudar para o trabalhador? Entenda a última proposta apresentada  (Imagem: FDR)

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço é uma espécie de “poupança forçada”, liberada após demissão. Facilitar o saque do FGTS pode fazer com que os brasileiros tenham uma ajuda maior em momentos de dificuldade. É isso que pretende o projeto do senador Jayme Campos (União-MT).

Hoje o FGTS é liberado em outras situações, não apenas após o desligamento do trabalho. Entre elas a aposentadoria, doença grande, situação de calamidade pública e o saque-aniversário.

A colunista Laura Alvarenga, especialista do FDR, apresenta os saques disponíveis aos cidadãos.

Mudança no saque do FGTS

  • A proposta foi anunciada pelo senador Jayme na última terça-feira, 04.
  • No texto ele propõe tonar a autorização do saque permanente em casos de calamidade pública reconhecidos pelo governo federal.
  • Isso porque atualmente é necessário ter o Poder Executivo autorize a liberação dos recursos.
  • O texto também prevê que não seria necessário aguardar o prazo de 12 meses entre um saque e outro, ou seja, é possível fazer apenas um saque calamidade por ano.
  • Acontece que muitas vezes os cidadãos precisam desse auxílio em um período menor, como aconteceu no Rio Grande do Sul.
  • O RS já havia passado por enchentes em setembro de 2023 e no final de abril desse ano a situação se repetiu em uma proporção maior.
  • Segundo ele essas ações devem beneficiar os moradores de municípios que sofrem com a recorrência dessas situações.
  • O texto ainda não foi despachado para o Senado Federal.
  • A Caixa Econômica sempre disponibiliza a lista atualizada de municípios com o saque calamidade liberado,

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.