FGTS autorizado para 800 mil brasileiros com valores de até R$ 6 mil

Até dia 31 de maio a Caixa Econômica já havia pago 823,9 mil pessoas por meio do saque-calamidade do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). São todos moradores de um único estado, e que puderam receber até R$ 6.220 cada um. 

fgts
FGTS autorizado para 800 mil brasileiros com valores de até R$ 6 mil
(Foto: FDR)

O pagamento do saque-calamidade foi autorizado para moradores de mais de 400 cidades no Rio Grande do Sul. São pessoas que foram atingidas direta ou indiretamente pela recente tragédia natural do estado. Elas podem acessar o seu FGTS e sacar todo o saldo, ou parte dele

Quem pode receber o saque calamidade pelo FGTS?

O saque-calamidade do FGTS é uma das opções de resgate do fundo de garantia que é autorizada pela Caixa Econômica. Para receber é preciso atender a alguns critérios que são previstos em lei:

  • Ser morador de um município em que foi decretada situação de calamidade pública por desastre natural (ex.: enchente, alagamento, deslizamento, e outros);
  • Não ter feito o saque calamidade há menos de um ano;
  • Ter saldo disponível em conta. 

As regras são as mesmas para todo país. Espeficiamente no Rio Grande do Sul, os residentes em 419 cidades gaúchas já podem acessar o benefício.

Como solicitar o saque calamidade do FGTS?

O pedido pelo saque calamidade do FGTS pode acontecer pessoalmente, em uma agência da Caixa Econômica, ou de forma virtual. Para muitas pessoas o pedido online é mais interessante porque é mais rápido.

Quem tem menos de R$ 6.220 na sua conta pode zera-la, e o dinheiro caí em até cinco dias úteis a partir da confirmação do dinheiro. Para fazer o pedido virtual basta:

  • Acessar o App do FGTS e fazer login com CPF e senha;
  • Selecionar a opção “Saque digital”;
  • Agora, escolher “Saque-calamidade”;
  • Busque o nome do município que reside e confirme;
  • Envie a foto de um comprovante de endereço;
  • Confirme sua conta para recebimento. 

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com