Calendário do PIX de R$ 200 pelo Caixa Tem é liberado para brasileiros com CPF final 0,1,2,3,4,5 até 9

Para incentivar os estudantes do ensino médio a completarem seus estudos, o Governo Federal lançou o programa Pé de Meia, que oferece pagamentos totalizando até R$ 9.200 ao longo dos três anos de estudo. Assim, o calendário do PIX de R$ 200 foi liberado pelo Caixa Tem para os estudantes com CPF final 0,1,2,3,4,5 até 9.

Calendário do PIX de R$ 200 pelo Caixa Tem é liberado para
brasileiros com CPF final 0,1,2,3,4,5 até 9. (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

Essa parcela de R$ 200 do Pé de Meia está vinculada à frequência às aulas, que é um dos critérios estabelecidos pelo programa.

A especialista Laura Alvarenga, colaboradora do FDR, comenta mais sobre o programa Pé de Meia, confira.

O que é o Programa Pé de Meia?

O programa Pé de Meia é direcionado para estudantes de 14 a 24 anos matriculados no ensino médio da rede pública, bem como para estudantes de 19 a 24 anos matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

Ao longo dos três anos de ensino médio, os estudantes que estiverem devidamente matriculados e frequentando as aulas vão receber de acordo com os seguintes incentivos financeiros:

Além disso, os estudantes precisam possuir CPF, estar inscritos no CadÚnico, ter 80% de frequência escolar e participar do Saeb. É importante lembrar que, para receber o bônus, é necessário não reprovar no final do ano letivo e fazer o Enem ao final do 3º ano do ensino médio.

Calendário de pagamentos 

Confira o calendário de pagamentos da segunda parcela do benefício

Data de pagamento   

Mês de nascimento do estudante   

27 de maio
Janeiro e fevereiro
28 de maio Março e abril
29 de maio Maio e junho
30 de maio Julho e agosto
03 de junho Setembro e outubro
04 de junho Novembro e dezembro
Yasmin NascimentoYasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), com MBA em Digital Strategy também pela Unicap. Com sólida experiência em redação e gestão de redes sociais, a carreira de jornalista começou na redação do Diario de Pernambuco, indo desde estagiária até editora assistente, contribuindo com o conteúdo factual, as redes sociais do jornal e SEO. Além disso, também tem experiência como social media em agências, trabalhando com uma variedade de segmentos e marcas.
Sair da versão mobile