Casas, antecipação do Bolsa Família, voucher de R$ 5,1 mil e tudo o que o governo Lula anunciou pro RS

Tem mais de uma semana que o estado do Rio Grande do Sul vive a maior catástrofe natural da sua história. As fortes chuvas e o aumento dos níveis dos rios causaram alagamento em centenas de cidades, por isso o governo federal preparou um pacote de benefícios sociais para atendê-los.

sul
Casas, antecipação do Bolsa Família, voucher de R$ 5,1 mil e tudo o que o governo Lula anunciou pro RS (Foto: FDR)

O boletim mais recente divulgado pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul, até esta quinta-feira (16), já contabilizou 151 mortes no estado. Além disso, são 151 pessoas que ainda seguem desaparecidas, e 615,3 mil pessoas fora de suas casas. 

Diante da maior tragédia por desastre natural do Sul, e talvez a de maior proporção que o país já tenha visto, o governo federal tem trazido ajuda por meio de benefícios sociais. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) visitou o estado nesta semana e prometeu novos auxílios.

Além de estarem sem casa para morar, há quem tenha perdido o seu local de trabalho, seu material para produção e terá a sua vida econômica atingida. É por isso que auxílios em forma de dinheiro serão bem vindos neste momento.

Promessa de casa nova para quem perdeu imóvel na enchente

Durante a sua visita aos desabrigados na última quarta-feira (15), o presidente Lula prometeu pessoalmente que cada pessoa que perdeu o seu imóvel ganhará uma casa nova.

Em um vídeo que foi compartilhado na sua rede social (Instagram), é possível ver o presidente prometendo mais de uma vez que os imóveis chegarão aos atingidos. 

“Nós vamos ajudar todo mundo que perdeu uma casa, todo mundo, tá?. Todo mundo que perdeu uma casa nós vamos construir uma casinha“, falou o chefe da União.

A estratégia para isso, segundo o governo federal, incluí:

Ampliação e antecipação do Bolsa Família

Também foi confirmado que moradores do Rio Grande do Sul terão prioridade no pagamento do Bolsa Família. O benefício que paga no mínimo R$ 600 por contemplado, e ainda incluí bônus de R$ 50 a R$ 150 começa a ser pago nesta sexta-feira (17) com as seguintes novidades:

Para todo restante do país o Bolsa Família continua sendo pago nos últimos dez dias úteis do mês, considerando o final do NIS (Número de Identificação Social);

Outra novidade é que o Auxílio-gás nacional que seria pago apenas em junho foi antecipado exclusivamente neste estado.

Voucher de R$ 5,1 mil para os desabrigados

Também foi anunciado pelo governo federal na última quarta-feira (15) a criação de um novo auxílio, chamado de Vale Reconstrução. Como eu já havia adiantado nesta matéria, o governo federal vai liberar um voucher no valor de R$ 5,1 mil para 200 mil famílias desabrigadas.

A quantia deve ser usada para: comprar móveis, comprar eletrodomésticos (geladeira, fogão, microondas, máquina de lavar), reformar o imóvel danificado ou reconstruir o que foi prejudicado pela água.

O dinheiro ainda não tem data para ser liberado, mas já se sabe que será pago por meio da poupança social do Caixa Tem. Usando o endereço que está cadastrado no aplicativo como forma de reconhecer quem tem direito ao voucher.

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile