Governo já está pagando auxílio de R$ 2.000,00 via PIX; veja quem recebe HOJE

Com uma tragédia climática e ambiental vivida pelo Rio Grande do Sul, o governo gaúcho reativou o canal de doações para a conta SOS Rio Grande do Sul. Um repasse de R$ 2 mil será disponibilizado para famílias desabrigadas ou desalojadas. Eduardo Leite, governador do estado, divulgou os critérios das famílias e reconstrução das suas residências. Veja quem recebe. 

Governo já está pagando auxílio de R$ 2.000,00 via PIX; veja quem recebe HOJE
Imagem: FDR

A chave estabelecida para o PIX foi o CNPJ 92.958.800/0001-38, a mesma utilizada no ano passado, vinculada à conta bancária aberta pelo Banrisul. Os recursos recebidos serão integralmente revertidos para o apoio humanitário a vítimas das enchentes. Até o momento, mais de 93 milhões foram arrecadados. 

Cerca de 45 mil famílias serão ajudadas. Além das doações, o Governo Federal também está oferecendo benefícios aos gaúchos. Segundo a especialista Laura Alvarenga, os moradores que estão desempregados podem sacar parcelas extras do seguro-desemprego. Confira.

Quem recebe o PIX de R$ 2 mil?

De acordo com o governador, mais de R$ 93 milhões foram arrecadados por meio do PIX do estado. Cerca de 45 mil famílias serão ajudadas.

Veja quais são os gaúchos que  vão receber:

  • Desabrigadas ou desalojadas por causa das enchentes e residentes nos municípios que tiveram situação de calamidade reconhecida pela Defesa Civil;

  • Inscritas no CadÚnico ou no Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF);

  • Que não tenham sido contempladas pelo programa Volta por Cima;

  • Tenham renda familiar de até três salários mínimos.

Benefícios do Governo Federal

O Governo Federal anunciou a suspensão de alguns impostos para os gaúchos afetados pela chuva e enchentes. Veja a lista dos impostos que tiveram prazos adiados:

  • A declaração do Imposto de Renda será prorrogada até o dia 31 de agosto;

  • O pagamento da primeira parcela do IRPF foi adiada até 30 de agosto e a segunda até 30 de setembro;

  • Empresas do Simples Nacional e Microempreendedores Individuais (MEIs) também tiveram o prazo adiado; 

  • Tributos federais, incluindo parcelamentos, tiveram os prazos estendidos;

  • Os que estavam com vencimento em abril, maio e junho terão a cobrança adiada por três meses: o pagamento será para o último dia dos meses de julho, agosto e setembro.

Outros auxílios para moradores do RS

  • Antecipação do pagamento do INSS e Bolsa Família;

  • Antecipação do Auxílio Gás;

  • Saque calamidade;

  • Suspensão do pagamento habitacional da Caixa Econômica Federal.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Marina Costa Silveira
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Com experiência em redação, redes sociais e marketing digital. Atualmente, cursando o MBA em Marketing, Branding e Growth pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS).