Saque calamidade: veja como solicitar benefício liberado para municípios do RS

Com o objetivo de ajudar as famílias afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul, o Governo Federal divulgou que as pessoas que moram em diversas cidades afetadas pelas fortes chuvas poderão efetuar um saque especial de até R$ 6.220 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Saque calamidade: veja como solicitar benefício liberado
para municípios do RS. (Imagem: Jeane de Oliveira/ FDR)

Os recursos serão disponibilizados pela Caixa Econômica Federal e estarão acessíveis por meio do aplicativo do FGTS.

A liberação do saque calamidade permitirá que os beneficiários do FGTS tenham uma renda extra para enfrentar gastos urgentes, fazer reparos em suas residências e lidar com outras necessidades decorrentes das enchentes.

A especialista Laura Alvarenga, colaboradora do FDR, comenta mais sobre o saque calamidade, confira.

Quem pode realizar o saque?

Para poder fazer o saque, o trabalhador deve ter saldo na conta do FGTS e não ter realizado nenhum outro saque pelo mesmo motivo no período de 12 meses. Vale lembrar que o valor máximo de retirada do benefício é de R$ 6.220 e só poderão realizar o saque desses valores aquelas pessoas que moram nos endereços afetados.

A solicitação pode ser feita através do aplicativo do FGTS, seguindo esses passos: 

O que é o saque calamidade?

O saque calamidade é uma medida excepcional tomada pelo governo em situações de emergência ou calamidade pública, geralmente relacionada a desastres naturais, pandemias ou outras crises que afetam a população daquele local. Com isso, neste benefício vinculado ao FGTS, o trabalhador tem direito a sacar saldo da conta do FGTS por necessidade.

O valor só é liberado quando a situação de calamidade pública ou de emergência é decretada pelo governo daquele local.

 

Yasmin NascimentoYasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com MBA em Digital Strategy, também pela Unicap. Com experiência em redação e redes sociais.
Sair da versão mobile