Enem 2024: veja HOJE (26) como não pagar a taxa e receber R$ 200

Estudantes têm a oportunidades de participarem do Enem 2024 sem pagar nada e ainda recebendo R$ 200 independente do desempenho nas provas. Valor será depositado após a aplicação das provas, que estão previstas para o mês de novembro. 

Enem 2024: veja HOJE (26) como não pagar a taxa e receber R$ 200 (Imagem: FDR)

O INEP ainda está recebendo os pedidos de isenção da taxa de inscrição do Enem 2024, essa é a oportunidade de fazer as provas sem pagar nada. Para alguns estudantes o MEC também vai oferecer um bônus de R$ 200 pela participação nas provas.

Isenção da taxa do Enem 2024

O INEP recebe os pedidos de isenção da taxa de inscrição até às 23h59 desta sexta-feira, 26, têm direito os seguintes grupos: 

  • Matriculados na 3ª série do ensino médio (neste ano de 2024) em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar
  • Quem fez todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola privada
  • Pessoas que sejam integrantes de família de baixa renda e que possuam registro no Cadastro Único (CadÚnico)
  • Beneficiários do Pé-de-meia que estejam matriculados na 3ª série do ensino médio.

Os pedidos de isenção e a justificativa de ausência podem ser feitos pela Página do Participante.

R$ 200 para participação no Enem 2024

Como incentivo à participação no Exame Nacional do Ensino Médio o MEC vai oferecer R$ 200 aos estudantes que atenderem aos seguintes requisitos:

  • Recebem o programa Pé-de-Meia;
  • Estão na 3ª série do ensino médio;
  • Têm idade entre 14 e 24 anos;
  • Fazem parte de famílias que recebem o Bolsa Família. 

Segundo o cronograma do Ministério da Educação o depósito desse incentivo será feito entre os dias 23 de dezembro de 2024 e 03 de janeiro de 2025.

A especialista do FDR, Lila Cunha, apresenta outros benefícios pagos pelo Pé-de-meia, clique aqui.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.