Aposentados recebem PIS/PASEP de R$ 1,4 mil? Descubra quando o abono é liberado

O pagamento do abono salarial do PIS/PASEP está sendo feito desde fevereiro deste ano, e tem confundido algumas pessoas. Existe o abono salarial e a cota do PIS/PASEP, são programas diferentes, e que levantam a dúvida se podem ser liberados também para quem já está aposentado. 

idoso
Aposentados recebem PIS/PASEP de R$ 1,4 mil? Descubra quando o abono é liberado (Imagem: FDR)

O abono salarial do PIS/PASEP é pago para quem trabalha com carteira assinada, o valor máximo a ser recebido neste ano é de R$ 1.412, equivalente a um salário mínimo. Os aposentados têm chance de receber, embora sejam pequenas.

Quando aposentados podem receber abono salarial do PIS/PASEP?

O pagamento do abono salarial do PIS/PASEP somente pode ser pago ao aposentado que:

Isso significa que para receber o abono é preciso que o aposentado retorne ao mercado de trabalho. Mas, é necessário muito cuidado. Eu explico quando a volta em um novo emprego pode prejudicar o cidadão, cortando o valor da sua aposentadoria, acesse os detalhes nesta matéria.

Pagamentos das cotas do PIS/PASEP para os aposentados

As cotas do PIS/PASEP, por sua vez, são diferentes do abono salarial. Isso porque, tratam de um benefício que foi concedido para quem trabalhou entre 1971 e 1988, mas que não foi resgatado. É uma parcela única que quando recebida deixa de existir. O valor pode chegar a R$ 3 mil.  

O prazo para receber este dinheiro terminou em agosto do ano passado. No entanto, segundo o governo, ainda há cinco anos para reaver a quantia. Será preciso aguardar como rever esse dinheiro, que vai depender possivelmente de envio de recurso administrativo para o Ministério do Trabalho. O governo não deu mais informações. 

 

 

 

Lila CunhaLila Cunha
Formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) desde 2018. Já atuou em jornal impresso. Trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional. Especialista na produção de matérias sobre direitos e benefícios sociais. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile