Parcelas do seguro-desemprego e PIS sobem para R$ 1,5 mil em breve

O governo federal anunciou a projeção de valor do salário mínimo para 2025. A ideia é que haja reajuste de pelo menos 6,3% de um ano para o outro. Com isso, haverão mudanças no pagamento de benefícios trabalhistas, como as parcelas do seguro-desemprego e o que for repassado pelo abono do PIS/PASEP. 

SALÁRIO MÍNIMO
Parcelas do seguro-desemprego e PIS sobem para R$ 1,5 mil em breve (Foto: Jeane de Oliveira/FDR)

Na apresentação do PLOA (Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias Anual) para 2025, o Ministério da Fazenda já apresentou o valor do salário mínimo para 2025.

A quantia que passa a ser de R$ 1.502,00 ainda é uma referência, porque deve haver confirmação do resultado da inflação. Com isso, o seguro-desemprego e o abono do PIS/PASEP serão atingidos. 

O que muda nas parcelas do seguro-desemprego com o novo salário mínimo?

O salário mínimo do país é a referência para o pagamento das parcelas do seguro-desemprego. Logo, quando o piso aumenta, automaticamente o benefício pago aos desempregados também sobe. Funciona assim:

O valor máximo do seguro é reajustado com base na inflação oficial do ano anterior, ou seja, para 2025 será considerada a inflação de 2024. 

Mudanças no abono do PIS/PASEP para 2025

Em 2025, o pagamento do abono do PIS/PASEP deve ser liberado para quem trabalhou em 2023. O valor será calculado com base no salário mínimo do ano, ou seja, em R$ 1.502. Neste caso, haverão as seguintes considerações:

Eu explico melhor sobre como funciona o pagamento do abono salarial nesta matéria

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile