PIS de R$ 1,4 mil não caiu na conta? Veja como pedir liberação do abono HOJE (16/4)

Quem estava ansioso aguardando a liberação do abono do PIS (Programa de Integração Social) se decepcionou ao não ser contemplado. Existem algumas razões que explicam este fato, e que podem ser revertidas pelo trabalhador a fim de que o dinheiro seja liberado o quanto antes. 

pis/pasep
PIS de R$ 1,4 mil não caiu na conta? Veja como pedir liberação do abono HOJE (16/4) (Foto: Jeane de Oliveira/FDR)

O valor máximo pago pelo PIS/PASEP neste ano é de R$ 1.412, o equivalente ao salário mínimo nacional. Apenas pelo abono do PIS em que são contemplados trabalhadores da rede privada a expectativa é de que 21 milhões de pessoas recebam. Até o momento, nascidos de janeiro a abril já foram contemplado. 

O que explica o abono do PIS ainda não ter caido na conta?

Existem algumas razões para que o abono salarial do PIS ainda não tenha sido transferido pela Caixa Econômica. É importante estar atento a essas questões que podem estar relacionadas a erros cadastrais, ou uma falha de consulta do próprio trabalhador. 

Eu explico quando o trabalhador não tem direito de receber o abono salarial nesta matéria.

Como pedir a liberação do PIS?

O primeiro passo é entender o que bloqueou a liberação do abono do PIS. Se o motivo for não ter cumprido com as regras de acesso, ou ainda não ter chego sua vez no calendário, não há o que fazer a não ser aguardar até que chegue sua vez. 

Mas, se a razão for erro é preciso procurar os seguintes responsáveis:

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile