Medida do governo bloqueia Bolsa Família para famílias com renda acima de R$ 353

O Governo Federal tomou uma decisão neste mês de abril que impactará algumas famílias cadastradas no Bolsa Família. Essa medida é fundamentada no critério de renda familiar per capita, uma condição estabelecida para a concessão do benefício.

Medida do governo bloqueia Bolsa Família para famílias com renda acima de R$ 353. Imagem: Jeane de Oliveira/FDR

O Bolsa Família, voltado para brasileiros de baixa renda, proporciona assistência financeira mensal e outros apoios, exigindo inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) e uma renda per capita de até 1/4 do salário mínimo, cerca de R$ 353 por indivíduo.

O bloqueio do Bolsa Família impactará especificamente as famílias que ultrapassarem o limite de renda per capita estipulado, podendo resultar em redução ou até mesmo na suspensão dos benefícios.

É crucial destacar que o bloqueio do Bolsa Família não resulta automaticamente na suspensão ou corte imediato do benefício, proporcionando uma certa segurança financeira aos beneficiários. Neste link, eu te explico sobre o novo pente-fino do programa. Enquanto isso,  você entenderá melhor sobre a redução no valor do benefício logo a seguir!

Bloqueio do Bolsa Família

O bloqueio do Bolsa Família ocorre quando há aumento significativo na renda familiar, com o objetivo de promover um ajuste financeiro gradual. Já a redução pode chegar a 50% do valor do benefício.

A redução no valor do Bolsa Família ocorre a partir da implementação da regra de proteção, na qual o beneficiário que consegue uma nova renda, pode se manter no programa por mais 24 meses.

Findado este prazo, o Bolsa Família é suspenso, mas as famílias têm até 36 meses para retornar ao programa em caso de diminuição da renda. Essa medida levanta debates sobre a importância de políticas de apoio contínuo para garantir a segurança financeira das famílias vulneráveis em longo prazo.

Como evitar surpresas no pagamento do Bolsa Família?

Para as famílias beneficiárias do Bolsa Família, manter as informações atualizadas e acompanhar as datas de pagamento é crucial. Com as mudanças implementadas, é possível maximizar os benefícios recebidos de maneira eficiente.

Consulte regularmente o app Bolsa Família e o Caixa Tem para verificar as datas de pagamento e utilize a calculadora exclusiva disponível no portal para estimar o valor dos benefícios.

Mantenha a documentação e o cadastro sempre atualizados para garantir o acesso contínuo aos benefícios. Com essas informações e dicas, as famílias beneficiárias podem navegar pelas atualizações de 2023 com maior segurança e aproveitar plenamente os benefícios oferecidos pelo programa.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.