Idosos com 60, 61, 62, 63, 64 e até 90 anos comemoram ISENÇÃO autorizada

Os idosos têm direito a uma série de gratuidades no país. A legislação brasileira prevê proteções para esse público, a fim de que possam ter uma velhice mais digna e respeitosa. A partir dos 60 anos de idade o cidadão já é considerado como idoso e pode usufruir desses benefícios.

idoso
Idosos com 60, 61, 62, 63, 64 e até 90 anos comemoram ISENÇÃO autorizada (Foto: FDR)

Um dos benefícios garantidos aos idosos é a possibilidade de viajar de graça. Em linhas municipais, intermunicipais e até interestaduais é possível conseguir a gratuidade. No entanto, o cidadão precisa atender a alguns critérios básicos que lhe garantirão essa benfeitoria.

Como idosos conseguem isenção nos bilhetes de ônibus?

As regras para conseguir a isenção nos bilhetes de ônibus vão depender da linha que aquele cidadão vai buscar. É interessante emitir a Carteira do Idoso, documento disponível para maiores de 60 anos que ganham até dois salários mínimos por mês e estão no Cadastro Único.

Por meio da apresentação desta carteira que traz a identificação do idoso, os benefícios poderão ser resgatados e usufruídos. Eu ensino como emitir o documento nesta matéria.

Gratuidade linhas municipais

  • Normalmente oferecida para quem tem mais de 60 anos (necessário verificar a legislação do município);
  • Basta apresentar um documento com foto para conseguir viajar entre os bairros sem pagar nada.

Gratuidade linhas intermunicipais (uma cidade para outra)

  • Oferecida para quem tem mais de 60 anos de idade;
  • Necessário apresentar um documento com foto, ou a carteira do idoso;
  • Algumas empresas de ônibus exigem que o cidadão faça a carteirinha específica para essa gratuidade em seu site.

Gratuidade linhas interestaduais (de um estado para outro)

  • Válido para idosos com idade mínima de 60 anos, e que possuem renda mensal igual ou inferior a dois salários mínimos;
  • As empresas privadas são obrigadas a reservar dois assentos que serão distribuídos gratuitamente para esses idosos. Se os assentos forem preenchidos quem atende aos critérios deve pagar 50% do valor da passagem;
  • Necessário solicitar um único “Bilhete de Viagem do Idoso”, nos pontos de venda próprios da transportadora, com antecedência de, pelo menos, três horas em relação ao horário de partida;
  • A apresentação de um documento com foto, e do NIS (Número de Identificação Social) bastam para comprovação.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com