BOLADA para quem usa o CPF na nota pode ser retirada HOJE (08)

Os brasileiros que inserem o número do seu CPF na nota fiscal podem recuperar uma bolada nesta segunda-feira (8) e começar a semana com grana extra. É que os governos estaduais liberam periodicamente os créditos que foram acumulados nas últimas compras, e que podem ser transferidos para conta desejada. 

cpf na nota
BOLADA para quem usa o CPF na nota pode ser retirada HOJE (08) (Foto: Jeane de Oliveira/FDR)

O valor acumulado em créditos na nota fiscal vai depender de alguns fatores. O primeiro ponto, antes de começar a pedir que seu CPF seja incluso em cada nova compra, é saber se o seu estado tem algum programa de recompensa, e a partir disso se inscrever neste programa. 

Como acumular bolada colocando CPF na nota fiscal?

Não tem muito segredo, e a conta é simples. Para ter uma bolada a ser resgatada, o consumidor precisa incluir cada vez mais o seu CPF na nota fiscal. Quanto mais compras feitas e reconhecidas em seu nome, mais crédito será gerado e maior será o valor que pode ser resgatado. 

Por isso, as dicas são:

  • Além de você, peça que seus parentes mais próximos também incluam o seu número de CPF em compras feitas por eles;
  • Insira o seu documento em todas as compras, no mercadinho, farmácia, loja de roupa, sorveteria, restaurante e outros;
  • Acompanhe se está acumulando valores pelo programa.

Saque programa CPF na nota fiscal

Além de reverter o valor das suas compras em crédito, o consumidor ainda participa de sorteios mensais e/ou anuais que valem prêmios em dinheiro. Os benefícios vão depender de cada estado, por isso esteja atento as regras do programa CPF na nota fiscal do local onde mora. 

Em São Paulo, por exemplo, foram R$ 39 milhões distribuídos entre os consumidores. Eu expliquei melhor sobre a forma de resgate nesta matéria. O saque é feito assim:

  • Acesse o site ou aplicativo do programa e faça login;
  • Clique em “Meu saldo” ou “Meus créditos”;
  • Verifique o quanto foi acumulado até ali;
  • Selecione “Saque”;
  • Insira uma conta corrente da sua titularidade;
  • Aguarde a transferência que pode não acontecer no mesmo dia. 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com