Bolsa do povo de R$540 para desempregados tem NOVO LOTE de pagamento divulgado HOJE (01/04) para CPF final 1,2,3,4,5,6,7,8,9,0

Para ajudar financeiramente os desempregados, o governo de São Paulo está disponibilizando um novo lote de pagamento do Bolsa do Povo de R$ 540 para aqueles que têm CPF com final 1,2,3,4,5,6,7,8,9,0.

Bolsa do povo de R$540 para desempregados tem NOVO LOTE de
pagamento divulgado HOJE (01/04) para CPF final 1,2,3,4,5,6,7,8,9,0. (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

Além desse benefício para os desempregados, o Bolsa do Povo também conta com outras iniciativas, como o Bolsa Alimentação, Bolsa Trabalho, Bolsa Talento Esportivo, Ação Jovem, Aluguel Social, entre outros. 

A especialista Laura Alvarenga, colaboradora do FDR, comenta sobre o Bolsa do Povo, confira.

Todo desempregado tem direito ao Bolsa do Povo?

Para receber o Bolsa do Povo é preciso estar desempregado há mais de um ano e não receber seguro-desemprego ou outros benefícios. Além disso, é preciso estar registrado no CadÚnico (Cadastro Único) e ter uma renda familiar de, no máximo, meio salário mínimo.

Como se inscrever no Bolsa do Povo?

A inscrição no Bolsa do Povo é feita através do site oficial do programa, acesse clicando aqui. É importante estar atento ao site do Bolsa do Povo, pois as inscrições podem estar temporariamente suspensas, dependendo da iniciativa a qual você queira se inscrever.

Onde o auxílio é depositado?

O valor de R$ 540 pago pelo programa é depositado diretamente na conta do Caixa Tem, banco em que geralmente são pagos outros benefícios do Governo Federal, dos beneficiários.

Auxílios disponíveis no Bolsa do Povo

Como dito acima, o Bolsa do Povo conta com diversos auxílios para a população de São Paulo. Confira os programas e saiba em qual você se encaixa para realizar a solicitação:

  • Ação Jovem: paga mensalmente R$ 100 para jovens de 15 a 24 anos;
  • Auxílio Moradia: ajuda a financiar as despesas com moradia temporariamente para a população;
  • Bolsa Talento Esportivo: dá apoio financeiro a atletas que estão inscritos em várias competições e níveis de idade;
  • Renda Cidadã: atende famílias que vivem em vulnerabilidade por estarem desempregados ou possuírem subemprego;
  • Via Rápida: oferece capacitação profissional gratuita para os cidadãos acima de 16 anos;
  • Bolsa Trabalho: auxílio de R$ 540,00 por até cinco meses para quem está desempregado há mais de 1 ano;
  • Prospera Família: benefício para famílias monoparentais com renda familiar de até R$ 210 por pessoa;
  • Bolsa Empreendedor: curso de qualificação empreendedora, formalização (MEI) e bolsa-auxílio de R$ 1.000, dividida em duas parcelas de R$500;
  • Novotec Expresso: auxílio para financiar curso de capacitação para jovens;
  • VidAtiva: benefício para pessoas com mais de 60 anos pratiquem atividades físicas.

 

Yasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com MBA em Digital Strategy, também pela Unicap. Com experiência em redação e redes sociais.