Detran abre 3.500 vagas para brasileiros com CPF final 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0 tirar carteira de motorista de graça

Com o objetivo de promover a inclusão social, o governo lançou o programa da CNH Social, que oferece a carteira de motorista gratuita para brasileiros de baixa renda. Assim, o Detran do Espírito Santo está abrindo 3.500 vagas para brasileiros com CPF final 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0 tirarem carteira de motorista de graça.

Detran abre 3.500 vagas para brasileiros com CPF final 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0
tirar carteira de motorista de graça. (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

Para garantir a CNH Gratuita, é necessário estar cadastrado no Cadastro Único (CadÚnico), um banco de dados utilizado para diversos programas sociais do governo, incluindo o Bolsa Família, Tarifa Social de energia elétrica, Benefício de Prestação Continuada (BPC) e outros.

Através deste programa, os beneficiários têm a oportunidade de obter a primeira habilitação nas categorias A e B, realizar a mudança da categoria B para D e incluir novas categorias na CNH.

Vale lembrar que todos os anos o Detran de cada estado do país abre inscrições pelo site oficial para as pessoas que desejam obter a habilitação de forma gratuita possam conquista-la de forma prática.

A especialista Lila Cunha, colaboradora do FDR, explica mais sobre a CNH Gratuita, confira.

Como conseguir CNH Social?

Além de estar cadastro no CadÚnico, para garantir a CNH Social é preciso:

  • Ter renda mensal familiar de até meio salário mínimo por pessoa;
  • Ter uma renda mensal superior a essa com o auxílio de algum benefício do governo;
  • Estar desempregado há, pelo menos, um ano.

Documentos para tirar CNH Social

A documentação solicitada para retirar a CNH depende de cada estado, mas, geralmente, os documentos necessários para participar do programa são:

  • Documentos pessoais como RG e CPF;
  • Comprovante de residência;
  • NIS;
  • Renda familiar;
  • Telefone para contato;
  • E número da CNH, se o cidadão deseja fazer a mudança ou adição de categoria.

 

Yasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com MBA em Digital Strategy, também pela Unicap. Com experiência em redação e redes sociais.