Pé-de-Meia tem consulta LIBERADA no Jornada do Estudante; saiba como verificar benefício

Alunos de todo o país já podem consultar o Pé-de-meia pelo aplicativo criado pelo Ministério da Educação. pagamento da poupança do ensino médio começa nesse mês de março.

O MEC abriu a consulta ao Pé-de-meia, a poupança que vai distribuir até R$ 9,2 mil ao logo das três séries do ensino médio. Os estudantes foram selecionados a partir dos dados de matrícula enviados pelas escolas.

A expectativa é de que 2,5 milhões de estudantes recebam a poupança, o que deve gerar um investimento de R$ 7 bilhões ao ano.

Pé-de-meia

Com o programa os estudantes receberão anualmente valores, que você confere abaixo:

  • 1ª série do ensino médio: R$ 200 para a efetivação da matrícula + R$ 1.800 para frequência escolar (divido em 9 parcelas) + R$ 1.000 de poupança
  • 2ª série do ensino médio: R$ 200 para a efetivação da matrícula + R$ 1.800 para frequência escolar (divido em 9 parcelas) + R$ 1.000 de poupança
  • 3ª série do ensino médio: R$ 200 para a efetivação da matrícula + R$ 1.800 para frequência escolar (divido em 9 parcelas) +R$ 200 para participação no ENEM + R$ 1.000 de poupança

Nossa colunista Laura Alvarenga te apresenta o calendário de pagamento da poupança do ensino médio, veja.

Consulta ao Pé-de-meia

  • Os pagamentos serão feitos pela Caixa Econômica em contas abertas em nome dos alunos.
  • Os estudantes devem acessar o  aplicativo Jornada do Estudante e conferir se foram contemplados.
  • De acordo com o MEC, o sistema continua sendo atualizado a partir dos dados de matrícula recebidos das escolas.
  • Por isso é possível que em um primeiro momento o nome do aluno não esteja na lista, mas depois seja inserido.
  • A plataforma também deve disponibilizar orientações e informações sobre a poupança.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.