PÉ DE MEIA: veja os critérios para ter acesso ao valor de R$ 200 até R$ 9 mil

O governo federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), dará início neste ano a um programa inédito. Chamado de Pé de Meia, o seu objetivo é criar uma poupança para que os jovens matriculados no Ensino Médio concluam as três séries e possam receber um valor como recompensa pelo período estudado. Funciona como incentivo para que concluam essa fase importante da vida escolar.

CONSULTAR SAQUE PROGRAMA PÉ DE MEIA: QUAIS ALUNOS VÃO RECEBER  R$ 200, R$ 1.000, R$1.800 E R$9.200?

De acordo com Camilo Santana, ministro da Educação, o Brasil perdeu, no último Censo, algo como 480 mil jovens por evasão e abandono escolar em um ano. Uma das justificativas para deixar de estudar é que esse público precisa escolher entre trabalhar, ou continuar na escola. Como precisam ajudar em casa acabam optando pelo trabalho e não concluem o Ensino Médio.

Hoje, a base para conseguir um bom emprego é ter no mínimo o Ensino Médio completo. Importantes concursos, como da Caixa Econômica, oferecem vagas com altos salários para quem tem essa formação. Logo, concluir a etapa é benéfica principalmente para o próprio estudante, que conseguirá a partir disso um bom emprego.

Os estudantes de baixa renda serão o público alvo. Eles receberão pelo Pé de Meia um valor como incentivo pela matrícula efetivada, parcelas mensais que podem ser sacadas ou guardadas, e a liberação anual pela conclusão da série que poderá ser recebida no fim do Ensino Médio.

Quem pode receber o programa Pé de Meia?

O foco do MEC neste primeiro ano é de liberar o Pé de Meia para pessoas que vivem em condição de baixa renda. São os jovens que possuem poucas oportunidades de estudo, e que muitas vezes são responsáveis por trazer complemento de renda para casa.

“É claro que o Pé-de-Meia, uma poupança para o ensino médio, é apenas uma das políticas para manter esse jovem na escola. Mas, nós temos uma realidade no Brasil na qual muitas vezes esse jovem abandona ou sai da escola no ensino médio pela idade para questões de necessidade, de trabalhar para ajudar a família com questões financeiras”, disse ministro da Educação, Camilo Santana, para a rádio O Tempo.

Pensando nisso, inicialmente serão beneficiados:

Como saber se foi incluso no pagamento do Pé de Meia?

A partir desta quarta-feira (20), os jovens poderão consultar se foram inclusos no pagamento do Pé de Meia. Por meio do App Jornada do Estudante, eles deverão fazer o login via Gov.br, e em seguida consultar se estão na lista de beneficiados.

Segundo o MEC, as informações estão sendo atualizadas pelas redes de ensino municipais, estaduais e do Distrito Federal, o que poderá resultar na inclusão de novos estudantes matriculados na rede pública de ensino durante o ano letivo.

Valor liberado pelo Pé de Meia

Os valores liberados pelo Pé de Meia são separados por série. A quantia total, ao final dos três anos, chega a R$ 9,2 mil. Isso porque é dividida assim:

Nesta matéria eu listo exatamente quanto cada aluno vai receber por série, acesse e tenha todas as informações.

Quando começa o pagamento do Pé de Meia?

O primeiro pagamento do Pé de Meia começa em março. O valor é referente ao incentivo pela matrícula, a ordem de liberação do depósito na conta do Caixa Tem é de:

 

 

Lila CunhaLila Cunha
Formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) desde 2018. Já atuou em jornal impresso. Trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional. Especialista na produção de matérias sobre direitos e benefícios sociais. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile