Nubank libera EXTRA de R$ 2.000 para CPFs com final de 0 até 9; confira

O Nubank está liberando um limite extra nos cartões de crédito de seus clientes. Sistema permite liberação de até R$ 2 mil, desde que os clientes sigam alguns passos. Veja o que é necessário para liberar esse valor ainda hoje.

Nubank libera EXTRA de R$ 2.000 para CPFs com final de 0 até 9; confira  (Imagem: FDR)

Mais uma vez o Nubank lança uma novidade que deve encher os olhos dos seus clientes. A liberação de um limite extra no cartão de crédito deve ajudar naquele momento de apero. Inclusive, o valor poderá ser usado durante essa Semana do Consumidor.

Nu Limite Garantido

  • Essa função vem sendo liberada aos poucos para os clientes do Nubank e Ultravioleta.
  • De acordo com o banco esse recurso transforma imediatamente o dinheiro investido em crédito no cartão.
  • Tudo isso de forma rápida, sem a necessidade de o cliente passar por uma avaliação.
  • Com isso, os valores acima de R$ 1 são deixados como garantia e o limite é aumentado pelo banco.
  • Esses valores ficam guardados na Caixinha RDB, que tem rendimento de 100% do CDI.
  • Se o cliente possuir outras caixinhas, terá que criar uma desse tipo para fazer a conversão do valor em crédito.
  • Se na data do vencimento a fatura não for paga, os valores guardados na caixinha serão usados para o pagamento total ou parcial dela.

Nossa colunista Lila Cunha te explica melhor sobre Ultravioleta da Nubank que possui serviços premium, veja.

Como usar o Nu Limite Garantido?

  • Ao acessar o aplicativo do Nubank, clicando em cartão de crédito é possível ter acesso a opção de Nu Limite Garantido em “Meus limites”.
  • Ao clicar na opção o cliente é direcionado às caixinhas e deve criar uma ou utilizar a RDB que já possui.
  • Nesse sistema os valores guardados na caixinha podem ser resgatados, desde que não estejam comprometidos em compras no cartão.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.