Bolsa família de março tem MUDANÇAS anunciadas na tabela de PAGAMENTO; veja valores

O Bolsa família é um programa de assistência financeira às famílias de baixa renda do Brasil pago mensalmente, porém o Governo Federal anunciou diversas mudanças na tabela de pagamentos do programa para o mês de março.

Bolsa família de março tem MUDANÇAS anunciadas na tabela
de PAGAMENTO; veja valores. (Imagem: FDR)

Entre as mudanças, podemos dar destaque ao não pagamento do Auxílio-Gás. Continue na matéria para saber as outras mudanças que irão acontecer no Bolsa Família em março.

Mudanças do Bolsa Família

O Auxílio-gás é pago para as famílias cadastradas no Bolsa Família com o intuito de auxiliá-los a garantir um botijão de gás de cozinha de 13kg para cozinhar alimentos em casa. O benefício é pago a cada dois meses e é feito através das contas do Caixa Tem, as quais geralmente recebem os pagamentos de benefícios sociais pagos pelo governo. O valor do auxílio varia de acordo com o mês de pagamento, pois é baseado no preço médio do botijão no momento.

O último pagamento do benefício foi feito no mês de fevereiro, com isso, só será pago novamente para os beneficiários no mês de abril.

Apesar disso, o Bolsa Família continuará pagando o valor mensal de R$ 600 e seus benefícios extras, que se aplicam à situação de cada membro da família. O pagamento deste mês começa no dia 15 de março, para beneficiários com NIS terminado em 1.

Benefícios do Bolsa Família

Os benefícios extras do Bolsa Família são pagos para famílias que possuem crianças até 18 anos e gestantes. Confira abaixo os benefícios existentes no programa: 

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por membro da unidade familiar;
  • Benefício Complementar (BCO): Valor adicional para famílias que a soma dos benefícios não chegue a R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância (BPI): Acréscimo de R$ 150 por criança de zero a sete anos;
  • Benefício Variável Familiar (BVF): Adicional de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): Suplemento de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade (nutriz);
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): Concedido até maio de 2025 para garantir que nenhum beneficiário receba quantia inferior ao que era pago durante o Auxílio Brasil, programa do governo anterior. 

 

Yasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com MBA em Digital Strategy, também pela Unicap. Com experiência em redação e redes sociais.