Saque bonificado de R$ 102: confira passo a passo para ganhar este auxílio

Garantir uma renda extra é um desafio para os brasileiros que vivem em situação de vulnerabilidade social e econômica. Pensando em auxiliar essas pessoas, o Governo Federal disponibiliza iniciativas que ajudam no sustento da população de baixa renda. Por meio delas é possível obter uma série de pagamentos.

Saque bonificado de R$ 102: confira passo a passo para ganhar este auxílio. (Imagem: FDR)

Os recursos são disponibilizados por meio de programas sociais como o Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC), por exemplo. Para ter direito é preciso que a família seja enquadrada como baixa renda.

Atualmente esse critério é definido com base nos ganhos mensais dos membros do grupo familiar. Por pessoa, o limite não deve ultrapassar o valor de 1/4 do salário mínimo. Em 2024 isso representa um total de R$ 353 por pessoa.

Caso se enquadre, a família deverá buscar uma unidade do CRAS para solicitar sua inscrição no CadÚnico. O processo é essencial porque o cadastro é responsável por reunir as informações sobre as famílias que possuem necessidades financeiras no Brasil.

Esses dados são utilizados pelo Governo Federal para definir quais poderão receber pagamentos mensais. Os benefícios liberados são depositados por meio da poupança social do Caixa Tem. Já os valores variam de acordo com o benefício que será pago.

Confira os valores dos benefícios do CadÚnico:

  • Bolsa Família: realiza o pagamento mínimo de R$ 600;
  • Vale Gás: libera um valor bimestral baseado na média nacional de um botijão de gás de 13 kgs, em fevereiro o pagamento foi de R$ 102;
  • Benefício de Renda de Cidadania: adiciona R$ 142 por membro da unidade familiar;
  • Benefício Complementar: complementa o pagamento de famílias cuja soma dos benefícios não atinja o valor de R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância: libera R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos;
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: paga um extra de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade;
  • Benefício Extraordinário de Transição: disponível até maio de 2025. Garante que nenhum beneficiário receba quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil;
  • Benefício de Prestação Continuada: paga R$ 1.412 para idosos com mais de 65 anos ou pessoas com deficiência.

Confira outros detalhes sobre um importante auxílio disponível para os brasileiros neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.