FGTS via PIX foi confirmado e já está disponível para milhares de trabalhadores

A partir deste mês de março, os empregadores ganham uma nova facilidade no recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) com o lançamento do FGTS Digital pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Confira abaixo como funcionarão os pagamentos a partir de agora.

A plataforma traz consigo uma abordagem moderna, utilizando o Pix como método de pagamento, prometendo simplificar o processo de contribuição. Dentre as novidades do FGTS Digital que vão facilitar a vida dos trabalhadores e empregadores, veja os principais destaques:

  • QR Code para Facilitar o Pagamento: Os boletos gerados pelo FGTS Digital agora apresentam um QR Code, proporcionando uma experiência mais eficiente para os empregadores. Esse código permite a leitura e pagamento direto no aplicativo ou site da instituição financeira do empregador.
  • Emissão Rápida e Personalizada: Uma das vantagens mais destacadas é a emissão ágil e personalizada de guias de pagamento. Isso proporciona uma dinâmica mais fluida para os empregadores, economizando tempo e simplificando o processo.
  • Consulta de Extratos e Débitos: A plataforma permite a consulta rápida de extratos de pagamentos realizados, promovendo uma visão transparente das contribuições. Além disso, os empregadores podem verificar débitos em aberto de forma prática e direta.

Pontos positivos do FGTS Digital

O Pix foi escolhido como o método de pagamento preferencial devido à sua agilidade e praticidade. Essa escolha visa proporcionar maior confiabilidade no processo, além de oferecer facilidades como a individualização dos extratos de pagamento.

O Ministério do Trabalho expressou otimismo com essa inovação. Em comunicado, destacou que “a utilização do Pix como ferramenta de pagamento do FGTS irá trazer ganhos de confiabilidade, agilidade e facilidade, otimizando o processo de individualização na conta do trabalhador.”

O FGTS Digital é resultado da colaboração entre o Ministério de Gestão e Inovação, o Conselho Curador do FGTS, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, o Serpro e a Caixa Econômica Federal. Essa parceria reforça o compromisso de diversas entidades em simplificar e modernizar processos essenciais para o mundo do trabalho.

Com o FGTS Digital e o uso do Pix, os empregadores podem esperar uma contribuição mais eficiente e uma gestão simplificada do FGTS, promovendo, assim, um ambiente de trabalho mais ágil e tecnologicamente atualizado.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Ariel França
Jornalista especializado em Direito Administrativo, Gestão Pública e Administração Geral. Possui mais de uma década de experiência em produção de conteúdo para a internet.