DINHEIRO EXTRA! Brasileiros podem sacar FGTS mesmo trabalhando; Veja como

FGTS foi criado para ser sacado apenas em casos de demissão sem justa causa. Atualmente os trabalhadores podem ter um dinheiro extra com o saque do Fundo de Garantia. Veja as situações em que você pode retirar o saldo.

DINHEIRO EXTRA! Brasileiros podem sacar FGTS mesmo trabalhando; Veja como (Imagem: FDR)

 

O FGTS deixou de ser um valor sacado apenas após o encerramento do contrato de trabalho ou aposentadoria. Hoje é possível acessá-lo em algumas situações e ter um dinheiro extra na conta.

Recentemente o Ministério do Trabalho e Emprego lançou o FGTS Digital, o novo sistema deve trazer diversas vantagens. Uma delas é a liberação mais rápida do Fundo de Garantia.

Formas de sacar o FGTS mesmo trabalhando

  • Saque Calamidade, necessário liberação do governo
  • Saque do FGTS trabalhador avulso
  • Saque por falecimento do titular da conta
  • Saque trabalhador com idade igual ou superior a 70 anos
  • Saque Doenças Graves
  • Saque do FGTS por conta inativa por 3 anos ininterruptos até 13/07/1990
  • Saque Órtese e Prótese
  • Saque Fundos Mútuos de Privatização – FMP
  • Saque do FGTS por três anos fora do Regime do FGTS a partir de 14/07/1990
  • Saque Conta Inativa até R$ 80,00
  • FGTS Garantia Consignado
  • Saque Determinação Judicial
  • Amortização, liquidação e pagamento de parcelas
  • Saque para trabalhadores com saída definitiva do Brasil
  • Saque-aniversário, modalidade em que o trabalhador, após a adesão, deve permanecer por pelo menos 25 meses.

Saque doença grave

No caso das doenças graves, o trabalhador poderá fazer o saque apenas quando estiver acometido por uma das doenças listadas pela Caixa Econômica:

  • Alienação Mental
  • Cardiopatia Grave
  • Cegueira
  • Contaminação por Radiação, com base em conclusão da Medicina Especializada
  • Doença de Parkinson
  • Espondiloartrose Anquilosante (Espondilite Anquilosante/Ancilosante)
  • Estado avançado da Doença de Paget (Osteíte Deformante)
  • Hanseníase
  • Hepatopatia Grave
  • Nefropatia Grave
  • Paralisia Irreversível e Incapacitante
  • Tuberculose Ativa
  • HIV/AIDS
  • Neoplasia Maligna
  • Estágio Terminal de vida

 

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.