NIS 0 encerra calendário do Auxílio-gás com valor desanimador para famílias

O governo federal encerra o primeiro pagamento do Auxílio Gás de 2024 nesta quinta-feira (29). Recebem aqueles cujo NIS (Número de Identificação Social) finaliza no 0. Desde 16 de fevereiro a cada dia útil um novo grupo era contemplado. Mas, quem recebe se decepcionou por ter acessado um benefício menor que no ano passado. 

vale gás
NIS 0 encerra calendário do Auxílio-gás com valor desanimador para famílias (Imagem: FDR)

O pagamento do Auxílio-gás é uma iniciativa do governo federal, isso significa que pode recebido de qualquer estado do país. No entanto, uma das queixas já relatadas por leitores do FDR é de que o programa atinge um número ainda baixo de pessoas. São 5 milhões de beneficiados atualmente, demonstrando que não basta cumprir aos requisitos de acesso para conseguir recebê-lo. 

Quem tem direito ao Auxílio-gás?

Os critérios para ter direito ao Auxílio-gás foram determinados no ano da sua criação, em 2021. No entanto, nem sempre responder as exigências dará a família a oportunidade de receber o benefício. 

“(…) tenho três filhos moro de aluguel e não recebo, minha amiga tem dois filhos casa própria e recebe [auxílio-gás]”, disse Geanny Pereira ao FDR. 

Para seleção de novas famílias é necessário ter orçamento disponível, o que provavelmente o governo não tem. São contemplados os grupos que:

  • Estão inscritos no Cadastro Único;
  • Possuem renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa. 

Valor do Auxílio-gás em fevereiro

Os titulares com NIS final 0 encerram o recebimento do valor do Auxílio-gás em fevereiro. As pouco mais de 5 milhões de famílias brasileiras que tiveram acesso ao benefício neste mês, sacaram:

  • R$ 102,00 para compra do botijão de 13 kg. 

Não há um valor fixo para o programa, mas ele deve pagar a 100% da média nacional de preço do botijão de 13 kg. A média é somada e divulgada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo).

Em dezembro do ano passado as famílias receberam R$ 104, e ainda no último ano houveram momentos em que o governo chegou a pagar R$ 110. O depósito é bimestral, ou seja, a cada dois meses e o próximo está previsto para abril. 

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]