Inscrição Pé-de-meia: quem precisa se cadastrar para receber o benefício? entenda

No próximo mês de março o Ministério da Educação inicia o pagamento do Pé-de-meia que vai beneficiar os estudantes do ensino médio. Ao todo, eles poderão receber mais de R$ 9 mil durante essa etapa da educação básica. Veja algumas informações importantes.

O MEC deu início à implantação do Programa Pé-de-meia, também chamado de poupança do ensino médio. Criado para reduzir a evasão escolar, o programa vai oferecer auxílio financeiro para os estudantes brasileiros.

Com isso, eles poderão concluir a educação básica e, se desejarem, continuar os estudos no ensino superior.

Cadastro no Pé-de-meia

  • Segundo as informações divulgadas pelo Ministério da Educação, os estudantes não vão precisar se cadastrar no programa.
  • Eles serão selecionados através do cruzamento do banco de dados formados pelas escolas durante a matrícula escolar desse ano.
  • Para receber basta que o estudante esteja matriculado no ensino médio em escola da rede pública e tenha CPF.
  • Serão beneficiados os estudantes entre 14 e 24 anos.
  • O MEC também informo que inicialmente a prioridade será para os estudantes que fazem parte de famílias inscritas no Programa Bolsa Família.
  • A Caixa Econômica será o banco responsável pelos pagamentos, feitos em contas abertas em nome dos estudantes.

Valores do Pé-de-meia

Com o programa ao final do ensino médio, o valor pode atingir os R$ 9.200, que serão distribuídos da seguinte forma:

Valor pela matrícula

Valor pela frequência escolar (dividido em 9 parcelas)

Poupança ao final do ano

1ª série do ensino médio

R$ 200

R$ 1.800

R$ 1.000

2ª série do ensino médio

 

R$ 200

R$ 1.800

R$ 1.000

3ª série do ensino médio

 

R$ 200

R$ 1.800 + +R$ 200 para participação no ENEM

R$ 1.000

Os R$ 1 mil de poupança só poderão ser sacados pelos estudantes se eles forem aprovados na série que cursavam e se tiverem participado das avaliações propostas durante o ano.

O primeiro incentivo, pela efetivação da matrícula, será pago entre 26 de março e 7 de abril.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.