Auxílio estadual paga R$ 540 para os moradores de São Paulo; veja os critérios

Os moradores do estado de São Paulo que estiverem desempregados há pelo menos um ano poderão ser beneficiados com um auxílio estadual de R$ 540. A quantia é paga como um incentivo financeiro, mas exige que os interessados cumpram com regras que envolvem o retorno ao mercado de trabalho. 

Auxílio estadual paga R$ 540 para os moradores de São Paulo; veja os critérios
Auxílio estadual paga R$ 540 para os moradores de São Paulo; veja os critérios (Imagem: FDR)

O auxílio estadual em questão faz parte do programa Bolsa do Povo, ele é chamado de Bolsa Trabalho. Seu objetivo é incluir no mercado os paulistas que estão há mais de um ano fora do trabalho formal. Para isso, oferece a bolsa no valor de R$ 540, mas sob a condição de que o cidadão volte a trabalhar. 

Quem pode receber o auxílio estadual do Bolsa Trabalho?

No Bolsa Trabalho os participantes prestam serviço em órgãos públicos. Isso significa que eles são contratados pelo governo para que auxiliem na mão de obra de locais que são gerenciados pela prefeitura ou pelo estado.

Isso significa que o auxílio estadual não é dado ao cidadão, mas sim é uma remuneração referente ao trabalho prestado pelo período de 4 horas por dia. As vagas são em escolas, creches, secretarias, postos de saúde, centros esportivos, parques e outros. O cargo costuma ser de faxineiro, coopero, serviços gerais.

Para participar é necessário cumprir com critérios como:

Inscrição na Bolsa Trabalho

A duração do auxílio estadual de R$ 540 é de cinco meses. Pode haver renovação do contrato, mas não há essa garantia. Para conseguir uma vaga na sua cidade é necessário:

Estar no Cadastro Único é um passo a frente para garantir a sua vaga.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile