INSS reduz tempo para liberação de benefícios; aprenda a agilizar seu pedido

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) viu uma queda significativa no tempo médio de concessão de aposentadorias, pensões, salário-maternidade e auxílios. No entanto, ainda é possível agilizar a liberação do seu benefício.

INSS atualiza doenças que dão direito à aposentadoria por invalidez 2024
INSS reduz tempo para liberação de benefícios; aprenda a agilizar seu pedido (Imagem: FDR)

O governo federal atribui essa melhoria a ações como a simplificação de requerimentos pelo Meu INSS, a implementação do Atestmed (substituindo a perícia presencial pela análise documental) e mutirões de atendimento nas agências da Previdência.

Apesar das melhorias, muitos pedidos ficam estagnados devido à necessidade de documentos adicionais por parte dos segurados. O preenchimento correto dos dados é crucial para evitar exigências ou indeferimentos.

Como conseguir o benefício do INSS de forma rápida?

De modo geral, a eficiência do INSS na concessão de benefícios melhorou, mas o papel ativo e atento do segurado continua vital para garantir uma resposta rápida e eficaz às suas necessidades previdenciárias. Fique atento aos seguintes pontos:

  • Mantenha o Cadastro Atualizado: Informações corretas no sistema do INSS garantem uma concessão mais rápida. Atualize seu cadastro em casos de mudança de endereço, e-mail, telefone, nome ou atividade.
  • Use o Atestmed: Para benefícios por incapacidade temporária, envie documentação médica pelo Meu INSS para análise em 7 a 10 dias sem perícia presencial.
  • Preencha o Requerimento com Atenção: Erros no preenchimento podem atrasar o processo. Confira se a documentação está completa antes de submeter o pedido.
  • Envie a Documentação Corretamente: Use o Meu INSS para enviar documentos digitalizados. Certifique-se de que estão legíveis para evitar lacunas nos dados.
  • Acompanhe o Pedido: Fique ativo nos canais remotos, verificando o status do pedido e se há pendências. Resolva documentos faltantes rapidamente.
  • Cumpra as Exigências: Caso seja necessário cumprir exigências, faça isso prontamente. Use telefone ou internet para enviar documentos e manifestar seu compromisso.
  • Atenção aos Prazos e Recursos Legais: A legislação estabelece prazos máximos de 45 dias para análise de benefícios. Se houver atrasos, contate o INSS e anote o protocolo. Se necessário, considere buscar auxílio legal para agilizar o processo judicialmente.

Ariel França
Sou produtor multimídia com mais de 10 anos de experiência. Formado em Jornalismo e pós-graduado em Direito Administrativo e Gestão Pública. Concentro-me em simplificar temas complexos, como finanças, gestão pública e administração, para torná-los acessíveis a todos os públicos. Acredito na importância de uma comunicação responsável e de alta qualidade em todas as mídias, mantendo-me atualizado constantemente para atender às demandas do mercado de forma competente.