INSS divulga o que fazer em caso de desconto não autorizado no pagamento

Responsável por realizar o pagamento de aposentadorias e pensões para milhões de brasileiros, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) divulgou recentemente uma série de recomendações para seus segurados. O anúncio traz orientações sobre como proceder em caso de desconto não autorizado no pagamento do benefício.

INSS divulga o que fazer em caso de desconto não autorizado no pagamento
INSS divulga o que fazer em caso de desconto não autorizado no pagamento. (Imagem: FDR)

Regularmente, as solicitações de empréstimos ou de outras operações de crédito realizadas pelos segurados costumam ser descontadas diretamente da folha de pagamento. Dessa forma, o dinheiro é retido antes mesmo de chegar até a mão do aposentado ou pensionista.

No entanto, caso não reconheça a operação, o formato de desconto automático representará um grande impacto na renda do segurado. Dessa forma, o INSS apresentou uma série de orientações sobre como proceder para realizar o cancelamento do desconto.

Veja como proceder em casos de descontos do INSS que não foram autorizados:

  • Caso identifique alguma irregularidade, a primeira orientação é que o cidadão consulte a fonte do desconto;
  • O processo deve ser feito por meio do extrato de pagamento mensal do benefício;
  • O documento pode ser acessado pelo aplicativo ou site do INSS;
  • A plataforma está disponível neste link;
  • No documento, será possível verificar o nome da entidade ou empresa que tem realizado os descontos;
  • A primeira medida a ser tomada é entrar em contato com a organização para registrar uma reclamação sobre o desconto indevido;
  • Em seguida, o cidadão poderá solicitar o serviço “excluir mensalidade associativa”;
  • Pedido também pode ser feito pelas plataformas online ou pela central do INSS que está disponível no telefone 135;
  • Já em caso de consignados não autorizados, é preciso abrir uma reclamação no Portal do Consumidor, que está disponível neste link;
  • Caso o desconto também seja um golpe, a recomendação é que o segurado abra um boletim de ocorrência sobre o caso.

Confira outras informações sobre os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.